DanMachi II #01 – Impressões Semanais

É errado pegar garotas em dungeons? Se é, eu não sei, mas que o título dessa obra é engraçado ele é hehe. Pois bem, depois de quatro anos de espera, DanMachi regressa com a sua segunda temporada, e depois de um episódio de recapitulação (até necessário para quem viu o anime lá em 2015), chegamos ao início dos eventos com o “pé na porta”. 

A nova party do Bell é um dos destaques logo no início dessa season (Mikoto é muito Tier God!!)

O maior alarde para com a obra, antes mesmo de sua estreia, era se conseguiriam manter pelo menos o mesmo nível de animação da primeira temporada. Lá, tivemos alguns momentos ótimos, Bell vs Minotauro foi um deles, por exemplo. Entretanto, mesmo fora das key animations, no geral, o anime apresentava uma regularidade. Felizmente, parece que o J.C. Staff conseguiu segurar as pontas e trazer algo no mesmo nível da primeira temporada. 

Vale ressaltar que esse estúdio é o “patinho feio” da galera, afinal, se é para “cagar” continuações provindas de outras “casas”, o estúdio é especialista nisso, porém, estamos falando de um anime que é “prata da casa”, então, mantiveram o nível em DanMachi, pelo menos por hora.

A troca de diretores acabou não sendo tão impactante a primeira instância; é verídico que o Yoshiki Yamakawa (diretor da season 1) tem mais rodagem no mercado, principalmente, na função de direção. Entretanto, por mais que esse seja o primeiro anime grande de Hideki Tachibana nessa função (o novo diretor), ele também não é um cara inexperiente.

O Hideki costumava marcar presença como diretor de episódio, diretor de unidade e também fazendo storyboards em obras de ação nas quais já passou. As mais notórias, certamente, são do próprio J.C. Staff – To Aru Majutsu no Index (seasons 1 e 2) e To Aru Kagaku no Railgun onde ele exerceu todas essas funções que eu citei acima e mais um pouco ainda. Em linhas gerais, ação é a área dele e eu acredito que possa vir um bom trabalho. 

Agora sim, vamos ao “pé na porta” que eu disse anteriormente, pois os acontecimentos voltaram frenéticos. A primeira mudança considerável é a que eu citei na primeira imagem do texto, a party do Bell tem uma “nova integrante”, ainda não oficialmente, mas a Mikoto (deusa) já está andando com a equipe do protagonista pelos andares intermediários. 

Atualmente, a Mikoto até é uma das minhas personagens preferidas (quem lê minhas análises a mais tempo, sabe das minhas quedas por personagens secundárias), mas ressalto que nem só de amor essa relação viveu, na verdade, começou na base do ódio depois da atitude que ela e a party dela tomaram fugindo da dungeon e levando os lobos para cima de Bell e companhia, já na reta final da primeira season. 

Depois, já raciocinando, comecei a admirar essa garota muito apelona, diga-se de passagem. Para quem não se lembra, ela tem aquela magia de gravidade (Futsunomitama), criando uma espécie de campo gravitacional que envolve o adversário; comprimindo-o contra uma força de várias toneladas. É… se o assunto é “apelar”, ela, a Asfi e a Ryuu são mestres nisso, a propósito, saudades Ryuu, espero vê-la logo. 

Outro ponto destacável é ver que a tríade (Lili, Welf e Bell) está cada vez mais próxima, o que os levou até a comprar uma briga de bar, uma típica cena de filmes de ação e que caiu muito bem em DanMachi. Inclusive, apesar de curta, gostei dos cortes da briga, um bom cartão de visistas do Tachibana.

Levou o que mereceu, esse aqui merece o prêmio de insuportável da semana. ~

Esse cara, esse cara, mal conheço, mas já odeio!

Minha única duvida é se aquele bar é o costumeiro que o Bell ia na season 1 (onde a Ryuu trabalha) e também tem aquela Mama “boladona” lá que não gosta de brigas na área, se for, ou elas não estavam na hora ou o roteirista esqueceu desse detalhe mesmo. 

A briga em si teve como fundamento introduzir os insuportáveis a família Apollo, digamos que os novos rivais da família Hestia. Particularmente, eu só os vejo como um bando de baderneiros nesse primeiro momento, a propósito, isso leva a dois pontos que eu realmente acho repetitivos em DanMachi: o primeiro deles é a desconfiança que todos (que não o conhecem) têm para com o Bell ser de level 2, essa implicância fica meio chata, principalmente depois dos eventos finais da season 1 (que gerou toda aquela comoção). 

E não menos importante, é o segundo ponto; o interesse de quase todos os deuses pelo Beru-kun. É Freya, é Hermes (que já foi explicado o motivo), e agora o Apollo querendo o corpo nu do Bell alguma coisa com ele. Até entendemos devido a habilidade especial dele e também a seus laços familiares, mas há momentos que “repetir esse disco” fica meio chato para alguns. 

Falando em Apollo, ele foi o anfitrião do evento principal do episódio, sim, mais um banquete dos deuses (e eu já perdi as contas de quantos teve desde o início), e apesar do fator “host”, o homem dessa festa foi o Hermes (homão da p*rra), pessoa sensata e que quer só o melhor para o Bell, se não fosse ele, não teríamos a cena da dança com a Aiz (isso já valeu minha sexta-feira). 

God demais!! Gentleman demais haha

Asfi é outra que merece respect por ter segurado essas duas enjoadas :p

Mas, se pararmos para analisar friamente, toda essa festa estava desenhada como uma armação, e isso mostra o quanto o Bell e a própria Hestia devem crescer mentalmente ainda, se fossem mais sagazes, sacariam que não era bom ir para o evento. O Bell principalmente, pois presenciou uma das mensageiras dizer “meus pêsames” e levou a tão amada deusa dele para essa trap, mas isso é um pequeno detalhe. 

Há alguns pontos que ainda estão abertos, como todo aquele interesse da Freya, que aparecia na season 1 como a possível boss do arco final, mas que depois deu uma sumida. Agora, ela regressa, e parece que existem muitas coisas sobre o olhar dela que a gente não sabe. Segundo companheiros lá do server do Intoxi, no discord, que são leitores da novel, algumas partes foram cortadas (que explicam mais sobre ela). 

Não vou criticar, pois o diretor pode ter achado mais prudente introduzir isso mais para frente apenas, então, prefiro aguardar o desenrolar da história. 

Foi a única coisa sensata que a Hestia fez no episódio hahaha.

Enquanto tudo culminava para um bom momento romântico (muito fofa a Aiz feliz com sua primeira dança), o Apollo apareceu com a sua tramoia e declarou um War Game contra a família Hestia (e agora o “pau vai quebrar” haha). E só queria dizer que o Apollo conseguiu ser mais “empata foda” do que a Hestia, mas isso são detalhes também. 

Essa simulação foi like Corinthians jogando em Itaquera

Em linhas gerais, foi uma ótima estreia, no geral, eu peguei 31 animes essa season (quase 95% da temporada), e DanMachi conseguiu se destacar bem entre eles, não ficou para trás de outras coisas mais populares. Toda a preparação para a War Game foi interessante, e agora vamos ver qual será o desenrolar daqui para frente. 

Nota do Redator para o episódio: 4/5

Extras: 

Virou meu wallpaper da semana! ~~

“Todo mundo quer comer o Beeeeel!” ♪ Volte e leia isso com o ritmo da música de “Todo mundo odeia o Chris”

E aí, quem ganha no X1? Loli peituda ou flat chest?

Aqui tem merda, certeza! Ainda mais que o Beru-kun viu (sempre no lugar errado na hora errada).

Como diria aquele meme: “Haaaaaaa, mentira!”

Vou spamar Mikoto, por que a Mikoto é Elder Tier God demais, olha esses trajes de gala! ❣❤

Esse plano na Lilisuke ficou irado, olha a imponência que deram para ela.

 

Breno Santos

Estudante, 21 anos, amante de astronomia, café e cultura otaku no geral; além disso, é fascinado por cinema e pelo trabalho executado por uma staff de animação.