DanMachi II #09 – Impressões Semanais

Uma das coisas mais notáveis deste episódio, para mim, foi a sensatez do Bell, inclusive, ele foi até mais lúcido do que eu imaginava.

Prontos ou não, aí vamos nós

Houve uma repercussão gigantesca no episódio passado com alguns fãs que queriam o Bell indo para cima, “metendo o louco” e agindo por impulso – felizmente – isso não ocorreu e acabou se tornando um ponto bastante positivo.

Não é novidade para ninguém que o Bell, mais cedo ou mais tarde, entraria para o embate, porém, colocar ele para “remoer” e pensar foi muito importante.

Texto passado, eu mesmo disse que prefiro anti-heróis, mas mesmo estes não agem sem pensar.

Na realidade, se o Bell fosse mais um estilo anti-herói, ele pouco se importaria com a Haruhime ou recuaria para preparar algo melhor, caso quisesse ajudar.

O que temos em mãos é um protagonista inocente e tranquilo, que já vacilou algumas vezes, mas que vem aprendendo com os erros – e como esse ponto é satisfatório.

Existem muitas conveniências de roteiro na obra, é verdade, porém, manter o desenvolvimento psicológico do protagonista é um ponto alto. Ele continua inocente, mas amadureceu; sabe que colocar sua família em risco não é uma das coisas mais inteligentes a se fazer.

Aí você pensa: “mesmo assim ele foi”. Sim, justamente, mas foi ciente das consequências que toda aquela algazarra poderia gerar, mesmo não tendo tanta noção do que poderia fazer.  

Continuando, a Mikoto não foi menos importante e colocou sua “cara a tapa”, literalmente. Junto de sua espada, ela fez o que estava ao seu alcance contra as amazonas.

Mikoto chibi e suas lições ninja, espero ver mais do passado dela, achei interessante os insights!

Foi bem legal poder ver os insights que o deus dela a deu nos treinamentos de ninja, espero que tenha mais detalhes em breve.

Prosseguindo, o maior destaque de todos vai para a virgindade do Bell a imunidade do Bell a encantamentos divinos, ele foi salvo por pouco devido a isso. Também existe a possibilidade de o Bell não ser fã de milfs, mas isso é papo para outra hora.

Not today!

O ponto negativo, pelo menos a meu ver, é a motivação da Ishtar, basicamente, causar uma guerra por causa de vaidade.

Até entendo, pois pelo que sei das entrelinhas da mitologia, pelo o que a deusa Ishtar representa, ela não iria querer ficar para trás neste quesito, mas bem que poderiam dar uma motivação um pouquinho melhor no anime, não é? (ou não, talvez eu seja só muito exigente).

E aí rapazes, Freya ou Ishtar?

Falando em Freya, ela teve 10 segundos de tela para mostrar que está agindo também ~

Sei lá, até uma vingança por algo do passado serviria (a Freya ser mais bonita do que eu é “roleplay”, vamos destruir a família dela). Todavia, não é nada que estrague a experiência, é apenas uma colocação minha.

Em linhas gerais, foi um bom episódio com um cliffhanger igualmente competente para o próximo! Tomara que tenhamos mais uma atitude digna de nota do Cranel.

Extras: 

Haruhime feiosa, ATA

Hestia sendo Hestia kkkkk

Momentos antes da desgraça quase acontecer

Breno Santos

Estudante, 21 anos, amante de astronomia, café e cultura otaku no geral; além disso, é fascinado por cinema e pelo trabalho executado por uma staff de animação.