Darling in the Franxx #05 – Impressões Semanais

Em vista do que vinha sendo apresentado, o quinto episódio de Darling in the Franxx acaba se mostrando bem mais calmo que os outros em termos de ação, porém, compensa isso com uma boa quantidade de informações, transformando o capítulo em um bom episódio transitório para o que está por vir após a união entre a Zero Two e o Hiro.

Uma leve diminuição do ritmo.

De início, foi um pouco estranho perceber que não houve uma punição para o que o Hiro fez, ou uma grande repercussão pela desobediência. O máximo que rolou, foi uma breve menção a aprovação da pilotagem com a Zero Two, mas sem grande detalhes sobre uma discussão mais elaborada em relação a essa possível “quebra de tabu” que o Hiro indicava.

Depois daquele foco na construção da sua relação a Zero Two, e da sua aptidão para pilotar, um episódio como o dessa semana acaba sendo bem-vindo por acentuar certas questões sobre o universo do anime e, indiretamente, sugerir algumas respostas para a existência dos esquadrões de pilotagem, mas não deixa de ser uma leve pisada no freio para quem esperava uma resolução mais elabora para os ganchos do episódio passado (sim, eu sei que um deles foi bem aproveitado).

Isso não tira o mérito do que foi mostrado, já que as informações presentes são bem interessantes e distribuídas de forma que te fazem ficar bem apreensivo ao que o anime está mostrando, porém, chamou minha atenção a forma como deixaram isso em segundo plano para focar na apresentação de um novo problema.

Fácil demais para algo que teve toda uma operação de “captura”.

Deixando de lado a punição do Hiro, as coisas funcionam de uma maneira bem legal no decorrer do episódio. Eu gosto bastante de quando se focam mais em “mostrar” do que “explicar”.

Ao invés de diálogos carregados de termos, expressões e teorias, comentários precisos, que te fazem entender sozinho algumas coisas, são bem mais agradáveis, e esse episódio tem uma boa quantidade deles, o que, obviamente, fica complicado de comentar em detalhes, já que o texto ficaria gigante, mas isso não vem ao caso agora.

Dentre os que apareceram, o que mais me chamou atenção, foi a forma como conseguiram criar um contraste bem elaborado para o grupo do Hiro, usando o esquadrão que apareceu por conta da junção dos latifúndios.

Um dos membros do esquadrão aponta para algumas características interessantes, como por exemplo, a aparência padronizada dos Franxx, e como isso não acontece no esquadrão do Hiro, além do uso dos apelidos e de como ele era conhecido entre as crianças.

Essa questão de serem um time formado as pressas, e fora dos padrões, já vinha sendo falado, mas ainda carrega um certo mistério sobre as razões de serem colocados dessa forma, e esse episódio ajuda a criar um pouco mais de mistérios em cima desse aspecto.

Um pouco mais de informações sobre a existência das crianças, e suas funções.

Por fim, aquilo que tinha sido levando no episódio passado, sobre a possibilidade do Hiro morrer na terceira pilotagem, acaba recebendo uma boa atenção, e desenvolvendo um suspense básico em cima dos efeitos que ele está sofrendo.

É legal ver ele passando por esses problemas, por quebrar um pouco daquele clichê de que o protagonista sempre passa por cima dos efeitos colaterais, por conta de ser o grande escolhido.

As chances de morrer são bem baixas, por mais que soe bem interessante, caso acontecesse de verdade. De qualquer forma, o anime consegue trabalhar bem essa fase em que o Hiro está, envolvendo o Goro e a Ichigo para tentar dar um pouco mais de relevância para eles na história, e empurrando um pouco mais de tensão nos relacionamentos que estão se formando

Isso já dá uma ideia de como o Hiro pode escapar, mas ver ele sofrendo os efeitos foi legal.

Trazendo um episódio que seria como uma preparação de terreno para os futuros da série, Franxx entrega uma boa dose de informações sobre a composição do seu mundo, e alguns detalhes a respeito da funcionalidade dos esquadrões.

Os problemas que o Hiro possa vir a ter serve bem como motivo para ficar ansioso pelo próximo episódio, resta saber se isso vai se desdobrar em um bom plot twist.

Nota do autor

 

E você, que nota daria ao episódio?

Nota dos Visitantes
[Total: 518 Média: 4.6]

Extra

Eu pensei nisso como um deathflag, mas aí lembrei que tem um bando de figurantes do outro esquadrão para cumprir cota.

Espero que não arrumem uma reversão para os efeitos para não perder o sentido dessa frase.

Mais um pouco dos traumas que a Zero Two criou por aí.

Deram uma leve pincelada em como o lugar foi construido para “gerar” a vida dos Parasitas.

Ninguém mandou provocar…

Um gif do Hiro sendo “hominho”, porque até então são bem raros.

Esse tipo de cena é sempre legal.

Marcelo Almeida

Fascinado nessa coisa peculiar conhecida como cultura japonesa, o que por consequência acabou me fazendo criar um vicio em escrever. Adoro anime, mangás e ler/jogar quase tudo.

Você pode gostar...