10 Animes que não são o que parecem | IntoxiList

 

Essa é uma lista de animes enganosos, sejam nos trailers ou primeiros episódios, eles parecem que vão ser uma coisa, e ao longo da trama te surpreendem, se tornando algo bem diferente.

10 Animes enganosos

 

10. Dakara Boku wa h ga Dekinai
Adaptação de Light Novel

Gênero: Comédia, Ação (bem animada), Ecchi, Dramão (Pra que isso diretor?), Romance, Protagonista vergonha alheia, Design bonito

Episódios: 12

Nesse ecchi de ação, com romance, o protagonista vira a fonte de energia de uma Shinigami, que junto a ele enfrenta vários demônios usando da energia sexual dele (não, você não ouviu errado). A obra começa extremamente cômica, é difícil levar qualquer coisa a sério ali. E vale dizer, as lutas são bem animadas, o que é raro em ecchis de ação.

Mas na metade do anime acontece algo que até hoje eu não entendo o motivo ou lógica. A obra vira um drama, sim, as coisas ridículas continuam ocorrendo, mas não tentam mais fazer piadas delas e o protagonista fica em modo emo até quase o último episódio, transformando o que era um ecchi bizarro, mas engraçado, em um dramão esquisito. Não gostei da mudança maluca do clima, mas ao menos dá pra elogiar que teve um final fechado aceitável e a boa animação.

9. Oregairu
Adaptação de Light Novel

Gênero: Comédia, Escolar, Drama, Romance (um pouco), O que diabos eles tão querendo dizer?, A professora é a best girl

Episódios: 25 (2 temporadas)

Oregairu começa parecendo uma história de comédia romântica bem clichê, com os personagens centrais em um clube que ajuda os outros a resolver seus problemas. O único diferencial é seu protagonista, mais emburrado e negativo que o normal. A história continua seguindo bem previsível por alguns episódios, até que o protagonista dá um fora totalmente inesperado em uma das heroínas no episódio 5, e apartir dai a história começa a mostrar que não vai seguir exatamente o caminho que você previa.

A segunda temporada então muda completamente a dinâmica puxada a comédia da primeira, se focando em um forte desenvolvimento de personagem e drama. No geral, algo que começa parecendo uma comédia romântica clichê, acaba se tornando um drama com forte desenvolvimento de personagem.

8. Hai to Gensou no Grimgar
Anime de Light Novel

Gênero: Ação (Menos do que você gostaria), Drama (Mais do que você gostaria), Devagar e sempre, Matem o Death Knight, Vale assistir pela garota de cabelo azul

Episódios: 12

Um anime com um trailer lindo e que todo mundo pensou que seria uma aventura medieval, com todos os personagens acordando sem memória, em um mundo de fantasia cheio de mecânicas de RPG.

Bem, o episódio 1 até começa assim, mas logo fica mais calmo e focado na vida cotidiana dos personagens. Você acha estranho, mas continua, só para notar que  ele vai ficando ainda mais parado com o tempo. Tem ação e aventura, mas não é o foco. Para piorar, temos que aguentar esse infeliz, chamado Ranta, um Death Knight que você vai desejar que morra todo episódio, sem sucesso, infelizmente.

Mas então é ruim? Não, apenas uma história que parece uma aventura movimentada e na verdade é um anime de vida cotidiana e drama, com um pouco de ação de vez em quando. Quem gosta de algo mais calmo pode acabar gostando, mas para quem espera ação, não é indicado. Definitivamente um anime que engana pelos trailers e pela sinopse.

7. Re:Zero
Adaptação de Light Novel

Gênero: Aventura, Ação, Romance, “Eu amo a Emilia”, Ele não é o que parece, Comédia, Sofre mais que tá pouco

Episódios: 25

Esse aqui deixou muita gente revoltada com a mudança estranha dele na metade do anime. Ele começa com um garoto indo parar em um mundo de fantasia, e descobrindo que ganhou um poder que o permite voltar no tempo toda vez que morre. A história vai seguindo bem previsível, conforme ele se apaixona por uma garota e tenta se manter junto a ela. Até que na metade da obra, o personagem é totalmente desconstruído, como alguém bem mais egoísta e problemático do que parecia.

Depois disso a obra vira um drama sádico, com o público vendo o personagem central enlouquecer mais e mais. Para quem estava insatisfeito, no entanto, a obra volta ao normal perto do final. Ainda assim, a mudança louca de tom no meio pega a maioria de surpresa.

6. Angel Beats
Anime Original

Gênero: Suspense, Ação, Comédia, Músicas (lindas), Drama, Todo mundo é ferrado na vida, Final legal que não faz sentido
Episódios: 13

Esse aqui começa com um garoto acordando em um colégio misterioso, e se unindo a um grupo que luta contra uma garota de cabelo branco com poderes sobrenaturais. O que parecia uma aventura com música e comédia, no entanto, logo se torna em um anime com foco pesado em drama, e isso segue até o final da obra. Quem achava que iria dar umas risadas, acaba tendo que pagar um balde, de tanto suor que escorre dos olhos. Definitivamente te pega de surpresa se você assistir sem saber nada da obra.

5. Kotoura-san
Adaptação de Mangá

Gênero: Comédia, Romance, Drama (mais do que você esperava), protagonista masculino 10/10

Episódios: 12

Um dos começos mais bizarros que eu já vi. Os trailers davam a impressão de algo cômico e leve, mas o anime começa com um drama super pesado de uma garota que consegue ler a mente das pessoas a sua volta, e como isso foi destruindo a sua vida e de todos a sua volta, até ser abandonada pela mãe. Curiosamente, depois desse primeiro episódio super depressivo, o anime virá uma comédia romântica bem leve. Ainda assim, ficou marcado na cabeda da maioria na época pelo começo completamente inesperado.

4. Akame ga Kill
Adaptação de Mangá

Gênero: Ação, Tragédia (pra caramba), Esdeath é muito amor, Tripas, Quero um final alternativo com a Esdeath

Episódios: 24

Esse aqui parece um shounen bem clichê e feliz no começo, com um garoto tentando entrar para o exercito, de forma a ganha dinheiro e ajudar seu vilarejo. Ele é ajudado por uma garota rica, e tudo parece ir bem, até que começa a jorrar sangue pra todo lado e o episódio termina da forma mais trágica possível para o protagonista. Apartir ele entra para uma equipe de assassinos, e é só desgraça até o anime acabar.

3. Yosuga no Sora
Adaptação de Jogo

Gênero: Drama (mais do que você esperava), Romance (com final), Comédia (pouca), Rotas, Incesto de verdade, Não é hentai mas parece

Episódios: 12

Esse engana de várias formas. A premissa é de 2 irmãos indo para uma cidade de interior depois da morte dos pais. Primeira a pessoa pensa que vai ver uma comédia romântica harém com incesto, mas ai a comédia do anime diminui e ele começa a focar em drama. Ai parece que vai na direção do incesto, mas ai o protagonista escolhe uma garota da escola, e você nota que não era um harém. E quando você se pergunta para onde a história vai depois disso, ela volta no tempo, e o protagonista cria interesse em uma garota diferente nessa linha temporal alternativa.

Não confuso o bastante, do nada surge uma cena de finalmentes mais explicita do que você esperava. Ai você pensa que vai focar em ecchi, até notar que as cenas aparecem muito de vez em quando e por poucos segundos. Depois de muito se confundir, você vai chegar a conclusão que estava vendo um drama/romance/ecchi aonde o personagem central, a cada X número de episódios, volta no tempo, e interage com uma heroína diferente, até ter seu final com ela. E quando já tiver desistido de ver incesto, ele vem com tudo no final. É um anime bem troll se você assistir sem ninguém te falar nada antes.

2. School Days
Adaptação de Jogo

Gênero: Drama, Romance, Traição, Traição, Traição, Traição, Makoto seu desgraçado!, Tome um calmante antes de assistir
Episódios: 12

Um dos animes mais odiados já criados pelo ser humano, na história acompanhamos um garoto que deseja sair com uma garota X, e a garota Y decide o ajudar. A primeira metade do anime parece bem leve, uma comédia romântica bem parada, é como eu descreveria. Até o protagonista resolve trair sua namorada X com a a garota Y que o estava ajudando, e depois disso, ele vai ficando mais e mais egocêntrico, . Em suma, você acha que está vendo um anime de romance lento, até notar que vai ver um anime de traição com um dos protagonistas mais desgraçados que existe. Mas pelo menos o final é bom, e de novo, ninguém esperava que fosse terminar daquele jeito. Com certeza uma obra única em te enganar.

1. Madoka Magica
Anime original

Gênero: Ação, Psicológico, Não era o que você pensava, Tragédia, A Madoka é chata, Homura best girl, Alien que fala bonito
Episódios: 12

Uma das histórias com virada louca mais conhecido hoje em dia. Madoka parece só mais um anime de garotas mágicas, mesmo com uma dica aqui e ali que é mais dark, mas quase ninguém nota. Até que o anime fofinho vira algo completamente brutal no final do episódio 3, e depois dai a coisa só piora. Diga adeus a suas garotas mágicas felizes, e diga ola a tortura psicológica, bruxas, tragédia, diálogos muito mais complexos do que você esperava, drama e o capeta disfarçado de gato branco. Esse com certeza é um dos maiores, “esse treco não era o que parecia!” que existe nos animes.

Se conhecem mais animes que consideram enganosos, comentem!

Outros IntoxiList:

  1. 10 Animes de Romance+Ação que o casal namora
  2. 5 Animes de Apocalipse Zumbi
  3. 10 Ecchis mais Eróticos de todos os tempos
  4. 10 Harens com Garotas Monstro
  5. 10 Animes de Romance Escolar que o casal Namora
  6. Outros IntoxiLists

Você pode gostar...