Attack on Titan 2 #12 | Impressões finais

E não é que foi mais emocionante do que eu esperava? Não é um embate épico como a primeira temporada, mas não ficou anti-climático, que era um dos meus temores.

Admito que quando a Historia foi falar com a Ymir eu torci a cara, pensando que ia ganhar mais 10 minutos de discussão das duas. Felizmente, a História só ajudou a fechar o arco da Ymir, a convencendo a parar de viver a vida em função dela.

 

Acho que até mais do que o twist dos poderes do Eren, o que mais me emocionou no episódio foi ver o Eren revivendo a cena da morte da mãe. E diferente do clichê de sempre, aonde dessa vez ele iria conseguir salvar a vítima, ele só pode observar, vendo outra pessoa que gosta dele sendo morta da mesma maneira, sem poder fazer nada. O sentimento de desespero dele ao notar que depois de todos esses anos ainda estava tão impotente, foi uma jogada dramática interessante.

O mesmo para o lindo discurso da Mikasa. Se alguém ainda acha que é só amor de irmão é louco…

Acho uma pena uma personagem tão legal ser reduzida ao cão de guarda que venera o Eren, mas ao menos ainda conseguem dar uma cenas muito bonitas pra ela. Só faltou o beijo se concretizar ali… mas o Eren tinha que levantar.

A virada é meio protagonística? Sim, e ele está no famoso momento do quase morte, quando do nada aparece um poder novo para salvar sua pele. Mas, pelo menos isso justifica o interesse estranho do Reiner nele. Seja lá o que ele for, é um Titã especial em comparação aos outros. O poder não está lá só para “salvar seu rabo na hora crítica”, mas sim para justificar sua individualidade e valor.

Infelizmente, duvido que o autor vai deixar ele controlar isso tão cedo, porque permitiria a eles ficar vagando em volta da muralha sem se preocupar.

A segunda metade não tem muito o que falar, é mais uma revisão do que se tirou desse arco: novos poderes pro Eren, novos Titãs revelados, os titãs são humanos, ect. E ao fim a revelação mais interessante, servindo de gancho para a próximo temporada:

Pelo que entendi existe um outro muro, aparentemente cercando toda a área, que os habitantes da muralha consideram externa? Foi a impressão que tive na cena final. Ela começa na muralha destruída no episódio 1, e vai avançando pela parte externa até chegar em uma outra muralha, que pela proporção do Titã de 30 metros nela deve ter uns 100 metros.

Revisitando a cena do flashback da Ymir, era provavelmente daquele muro que as pessoas estavam senso jogadas, tornando a coisa toda mais lógica. Tem um povoado de fora daquelas muralhas que cercou uma área enorme e fica jogando pessoas transformadas em Titãs lá dentro. E no meio dessa área temos essa outra civilização, se murando para se proteger dos titãs a sua volta. Quem é essa civilização, de fora da muralha, que parece ter certo controle da coisa toda, e relação com o Reiner, só o tempo dirá.

Isso é tudo especulação pelo que vi no episódio no entanto, então não levem ao pé da letra. Pode estar tudo errado. Agora é aguardar a próxima temporada confirmar isso tudo e revelar mais mistérios.

Nota do autor

 

E você, que nota daria ao episódio?

Nota dos Visitantes
[Total: 209 Média: 4.5]

 

Review da segunda temporada (bem resumido)

Na primeira temporada de Attack on Titan, a parte técnica, embora com ótimos momentos, era super inconsistente, podendo ir de horrível a ótima no mesmo episódio. Já na segunda, quase todo episódio é bem animado e cheio de cenas bem acabadas. A trilha sonora, enquanto um remix, tem algumas faixas novas, e continua um dos pontos altos.

A história flui melhor, com batalhas que duram apenas uns 2 episódios, diferente da primeira temporada, aonde estendiam alguns confrontos por 9 (A batalha de Trost), ficando enrolada demais, ao menos pra mim. E os mistérios continuam aparecendo sem parar, mas, pelo menos, começam a dar algumas respostas também, diferente da primeira temporada, aonde só surgiam perguntas.

Personagens secundários ganham um bom desenvolvimento, como a Ymir, e temos revelações bombásticas pipocando por toda segunda metade. Ainda sinto falta de um amadurecimento por parte do Eren, que continua alguém descontrolado que adora gritar desde a primeira temporada. E a Mikasa, que por mais que tenha uma cenas bonitas, se limita ao cão de guarda do Eren.

Mas fora isso, considero a segunda temporada uma evolução a primeira. A única coisa que gostei mais da primeira foi o início pela surpresa, já que era tudo novo. E o final, que optou por um embate épico, ao invés de um twist no meio de uma situação de tensão. Mas fora isso, considero Attack on Titan 2 uma evolução quanto a primeira parte da história, tanto em roteiro como tecnicamente.

Roteiro: 8/10

Direção: 8/10

Animação: 9.5/10

Trilha sonora: 10/10

Entretenimento: 9/10

Nota final: 8.5/10

 

Extras

Ela só queria um beijo seu tapado!

Esse tiro de Titã ficou legal. Mas o Eren teria feito papel de bobo se não estivesse controlando Titãs.

Historia não tem só a melhor aparência, ela ainda é estilosa para  matar um Titã. Quase um balé aéreo. O episódio estava todo bem animado nas partes chave, mas essa sequência foi a que mais me chamou atenção.

Você pode gostar...