10 Animes melhores que seus originais (mangá ou light novel) | IntoxiList

 

Boas adaptações já é algo difícil, que dirá animes melhores que o original. Mas isso existe! Algumas obras não só adaptam bem seu material de origem, como fazem melhorias neles. Nessa lista vou comentar várias que considero superiores a seu material original e porquê.

Regra:

1. Só valem animes que passaram na TV Japonesa. Nada de OVAs, etc.

Dito isso, vamos a lista:

10 Animes que são bem melhores que seus originais (Manga ou Light Novel)

10. Kobayashi-san no Maid Dragon
Adaptação de Mangá

Gênero: Comédia, Drama (só um pouco), Slice of Life, Dragões lesbicos, Escolar, Quem derá DB tivesse aquela animação…

Episódios: 13

A história acompanha uma garota dragão que decide virar a empregada de uma humana por quem se apaixonou. E por mais que tenha algumas piadas lésbicas, a obra acaba focando mais na amizade das duas.

Só de comparar o design original do mangá e do anime você nota uma melhora considerável (no vídeo). Mas a adaptação foi muito além disso. O original são um bando de histórias bem curtinhas de comédia. No anime eles aumentaram várias histórias, e criaram algumas até mesmo novas, para aumentar o desenvolvimento de personagem, e dar uma continuidade melhor, que o mangá não tinha.

Cenas que duraram 5 páginas e foram poucos diálogos no mangá, viraram episódios inteiros com lutas épicas e drama, como o arco final do pai da garota dragão. É como se o mangá fosse o rascunho, que virou algo muito melhorado na animação.

9. Knights of Sidonia
Adaptação de Mangá

Gênero: Ação, Sci-fi, Romance

Episódios: 24 (2 temporadas)

Na história, o que restou da humanidade está isolada em uma nave no espaço, lutando contra uma força alienígena que quer acabar com os humanos de qualquer forma.

Eu gosto bastante do mangá de Sidonia, mas sem dúvidas prefiro o anime. Sim, mesmo sendo feito em computação gráfica.

Primeiro porque, como tem muitos robôs, a computação acaba não prejudicando tanto assim. E segundo, porque o roteiro altera algumas coisas do mangá que eu achei muito bem vindas. Deixando a narrativa mais ágil e distribui melhor a ação. Fora isso, as lutas no mangá são uma bagunça, você não sabe aonde um robô começa e aonde um alien termina, muitas das vezes. No anime os combates ficaram muito mais claros, e bastante empolgantes, com direito a uma ótima trilha sonora por trás. Esse é outro que recomendo mais o anime que o mangá.

Além disso, tem as 2 primeiras temporadas dubladas na Netflix.

8. Seitokai Yakuindomo
Adaptação de Mangá

Gênero: Comédia, Escolar, Piadas com vibradores, piadas hardcore, vai te ofender dependendo da sua pureza de coração

Episódios: 36 (2 temporada e muitas OVAs)

A premissa de um estudante indo para uma escola que, anteriormente era só de mulheres, é velha, mas Seitokai no Yakuindomo consegue dar uma nova cara a ela, com piadas que vão te fazer chorar de rir – ou te ofender, porque senso de humor é algo complexo… O protagonista entra para o conselho estudantil da escola, aonde um bando de garotas esquisitas o esperam.

Em termos de piadas ambos mangá e anime são similares, embora algumas fiquem mais engraçadas no anime (o timing do diretor é 10). Mas ele não para ai, e cria piadas originais muito boas, além de uma coisa que a maioria sente falta no mangá, um clima leve de romance entre o protagonista e a presidente do conselho estudantil. No mangá isso até existe, mas é muito sutil. No anime deram muito mais foco nisso, principalmente na segunda temporada e OVAs. Definitivamente outra obra que recomendaria as pessoas começar pelo anime.

7. Mob Psycho 100
Adaptação de Mangá

Gênero: Comédia, Ação, ANIMAÇÃO

Episódios: 12

O shounen acompanhando a vida conturbada de um garoto com poderes psíquicos absurdos não me atraiu muito na versão mangá. O design é meio… imagens dizem mais do que palavras (no vídeo).

No anime seguiram esse design, mas deram uma melhorada dentro do possível. O que impressiona na adaptação, no entanto, não é isso. Mas o modo como decidiram incrementar diversas cenas do mangás. Quase todo combate é ampliado, cenas emocionais ganham mais peso, reflexões mais profundidade, lutas simples viram coisas épicas. Quer você goste ou não do anime, ele é 100x melhor que o mangá, uma verdadeira adaptação, pegando o que tem de melhor do original e melhorando tudo que consegue. Além disso, haja animação fluida em um anime só.

6. Sakurasou
Animação de Light Novel

Gênero: Comédia, Drama, Ecchi, Escolar, Síndrome de Down

Episódios: 24

A história de um garoto em um dormitório cheio de malucos, tentando levar seu projeto de criar um jogo para frente, junto a uma garota muito estranha que conheceu.

Adoro Sakurasou, é uma história divertida e com uma mensagem bacana. Qual minha surpresa, ao notar que o anime tinha cortado algumas partes da Light Novel original, que não eram tão boas assim, e ainda melhorou vários diálogos que eram meio… não muito bons na light novel. Em geral o anime é uma versão aperfeiçoado da light novel, pegando o que ela tinha de melhor e melhorando o que podia. Além disso, tem aquelas sequencias de orgásmicas com cabelos voando… ah, que coisa linda.

5. One Punch Man
Adaptação de Mangá

Gênero: Ação, Comédia

Episódios: 12

A história de um super herói entediado, já que ficou forte demais, a ponto de matar qualquer inimigo em um soco (quem imaginaria que uma premissa dessa iria fazer tanto sucesso…).

Era difícil melhorar One Punch Man. Ele, afinal, já era um remake da versão original, com um design e sequências de ação refeitas.

Mas o anime conseguiu! Além de ótimas adaptações animadas dos combates, ele melhorou alguns deles, como se pode notar no primeiro episódio, que ganhou uma sequência épica que não tinha no original. O mesmo para a luta final do anime, com um combate claramente incrementado, na tentativa de aumentar sua emoção, e funcionou.  Um claro exemplo que sempre dá para achar algo para melhorar. Seguir o original página a página sem tentar melhorias, é apenas um copiar/colar, se vai adaptar, tente melhorar algo!

4. Attack on Titan
Adaptação de Manga

Gênero: Ação, Memes, Perguntas com respostas que vem mais devagar do que você espera, Gritos, Ship que não vai pra frente, Levi devia ser o protagonista
Episódios: 37

A obra é mais que conhecida, e pode ser resumida, inicialmente, como a humanidade tentando sobreviver lutando contra… memes  ambulantes, também conhecidos como Titãs, que os obrigam a se isolar em muralhas.

O design do anime em comparação ao mangá já é uma excelente evolução. Mas a coisa foi além, com sequências de ação muitas vezes aumentadas comparadas ao original, e uma trilha sonora sensacional embalando tudo. Entre o anime e o mangá, eu com certeza fico com o primeiro, que mesmo que não seja perfeito, consegue me causar muito mais emoção, e não fazer meus olhos sangrarem com alguns designs…

3. Shigatsu wa Kimi no Uso
Adaptação de Mangá

Gênero: Música, Drama, Romance, orgasmo visual, cartas que fazem suar pelos olhos

Episódios: 22

Animes de música geralmente ficam melhores em anime, já que, bem… não tem som em mangás, e imaginar música é um pouquinho complexo…

Na história um garoto que desistiu do piano devido a um trauma do passado, começa a reganhar sua paixão pela música, graças a uma violinista que conheceu.

Não satisfeitos em pegar o design do mangá, que já é bonito, e melhora-lo, a staff do anime melhorou as cenas de performance musical, acrescentando algumas partes extras, e com uma trilhas sonora que pode facilmente fazer você suar pelos olhos. A parte técnica da animação é lindíssima também. Com seu final fechado adaptando o mangá até o fim, é outra obra que recomendaria o anime em vez do original.

2. Zetsuen no Tempest
Adaptação de Manga

Gênero: Ação, Twists, Ships que não avançam, Romance, Batidas com espada na pedra, Viagem no Tempo, Animação é bom e eu gosto
Episódios: 24

A história de 2 garotos querendo desvendar o mistério por trás da morte da garota que gostavam, indo parar em uma guerra entre magos.

Essa obra é o exemplo extremo da lista. O design do mangá já é bonito, então enquanto o do anime é melhor, a diferença não é tão radical. A grande diferença está nas correções. O roteiro do mangá tem alguns furos e inconsistências. No anime eles corrigiram várias, e cortaram algumas. Além disso, melhoraram algumas cenas de desenvolvimento dos personagens, os combates ficaram muito melhores.

E mesmo quem reclama que o final não adaptou até a última página do mangá. Não o final não é necessariamente diferente, mas eles não adaptaram as páginas finais, que deixariam as coisas mais ou menos no mesmo.

1. Haikyuu
Adaptação de Mangá

Gênero: Esporte, a S3 é sensacional, Nada de super poderes, Trilha sonora que faz suar pelos olhos, Faltou romance…
Episódios: 60 (3 temporadas)

Um time de vólei fracassado começa a se reerguer com a entrada de 2 novos integrantes com talentos peculiares. A premissa é simples, mas a proposta de tentar uma pegada mais realista e com lindos momentos emocionais, nem tanto.

Haikyuu é a adaptação perfeita ao meu ver. Ele pega tudo que o mangá tem de bom e mantem, e usa do poder da animação e parte sonora para melhorar tudo que consegue. Cenas são refeitas em ângulos diferentes para dar mais emoção, com alguns usos de câmera espetaculares.

As cenas dramáticas ganham mais peso, cenas épicas do mangá ficam ainda mais épicas no anime, e o jogo fica mais ágil. A trilha sonora também ajuda, e muito, a causar mais emoção. O perfeito exemplo de como você pode pegar um material original muito bom, e tirar algo ainda melhor. Se contentar com apenas copiarem quadro por quadro do mangá para o anime, é muito pobre.

E você, conhece outras obras que considerou o anime melhor que o original? Comente!

Outros IntoxiList:

  1. 10 Animes de Romance+Ação que o casal namora
  2. 5 Animes de Apocalipse Zumbi
  3. 10 Ecchis mais Eróticos de todos os tempos
  4. 10 Harens com Garotas Monstro
  5. 10 Animes de Romance Escolar que o casal Namora
  6. Outros IntoxiLists

Você pode gostar...