Shuumatsu no Izetta #09 – E a Coisa ficou Feia…. – Impressões Semanais

screenshot_1-horz-vert

O roteiro de Shuumatsu no Izetta esta conseguindo manter uma boa consistência para a minha alegria – e de diversas pessoas que estavam receosas de que a história começasse a desandar do meio para o fim. Principalmente porque um dos roteiristas da obra é conhecido por ter uma escrita bem instável. Mas a reza foi boa e dessa vez parece que a coisa não vai descarrilhar – ou assim espero.

Eu também já desconfiava que as coisas ficariam feias para Elystadt, principalmente depois do roubo do mapa das linhas de Ley e da apresentação da garota misteriosa. E como eu esperava, ela realmente tinha ligação com a Bruxa Branca, sendo um clone da original.

O único furo nesta história é como com apenas a tecnologia da época os nazistas conseguiram reproduzir esta duplicada perfeita. E se isto já não fosse um absurdo – principalmente para a ambientação histórica do anime – apesar dela ser sintetizada em laboratório aparentemente retem memórias da original.

Então, mesmo que Sophie tenha sido despertada pelo sangue de Izetta, não sei como seria possível restaurar a memória de alguém morto a trocentos anos só usando ele. Mas é ficção, então eu relevo.

 

remastscreenshot_21

Só eu acho este clone meio absurdo para a época?

A atitude dela em relação a Elystadt também é algo bem compreensível, dado o fato da bruxa ter sido traída e morta de forma bem cruel por um povo ao qual tinha se comprometido a proteger.

No entanto, acho engraçado Sophie falar que Izetta esta sendo manipulada quando ela própria esta sendo usada pelos alemães e a bruxa sabe disso.

Então sinceramente, não sei qual é o pior manipulado nesta história: aquele que não tem ciência da manipulação ou aquele que sabe que esta sendo manipulado, mas consente com isto.

Mas o que eu gostei é que claramente tem uma disputa de ideais entre as duas bruxas. Uma não acredita mais em nada e quer apenas a destruição de todos que a traíram enquanto a outra ainda tem esperança nas pessoas e quer um mundo no qual elas possam escolher o amanhã.

E também quero ver como Izetta e a arquiduquesa reagiram ao peso da verdade, já que provavelmente as duas desconhecem a história real da Sophie.

E realmente não sei como os aliados irão conseguir resolver este problema com a bruxa branca. Sinceramente, acho bem difícil conseguirem uma mudança de visão da personagem, que continuará apoiando os alemães.

remastscreenshot_27

Só acho que alguém acordou com bastante mau humor XD

No entanto eu queria um final um pouco mais feliz para ela e a Izetta. Principalmente para ela, já que o passado da bruxa foi bem triste e trágico. Mas querer não é poder e provavelmente o final vai ser algo bem agridoce.

A situação fica ainda mais tensa com Elystadt conquistada pelos alemães e Izetta capturada pelo lado inimigo. Não creio que Müller e Finé tenham morrido, mas se não foram capturados estão praticamente no meio de um vespeiro. Não imagino como eles consigam sair de Elystadt e pedirem asilo em outro país já que tudo ao redor deles é praticamente império germano.

Agora falando do Müller, achei precipitado ele aceitar tão facilmente a conclusão do relatório de Bianca que os espiões alemães não entraram na sala da bruxa em busca de informações. Quando deveria ter em mente pelo menos três contra-medidas para o caso deles terem obtido informações e as passado em frente.

Também deveria ter ficado mais relutante em usar a Izetta depois do ocorrido, mas o que ele fez foi simplesmente entregá-la de mão beijada para os alemães.

E o pior que ele tinha suspeitas de que algo de ruim poderia acontecer, mas mesmo assim continuou a confiar demais na arma infalível deles. E sinceramente, como estrategista eu estava achando que ele estava confiando demais na bruxa quando deveria ter pensado em outros meios de enfrentar os alemães sem precisar tanto da ajuda dela.

Além disso desconfio que naquela gaveta esteja o outro pedaço da pedra encontrado na sala da bruxa e o registro real do que aconteceu com Sophie. O que me faz achar que o Müller talvez não apenas saiba a verdade, mas também possa ser descendente direto de uma das pessoas que executou ou entregou a bruxa para o tribunal da santa inquisição.

remastscreenshot_20

Ele diz isto, mas aparentemente não se preparou para o pior

E o que eu disse sobre o pesquisador alemão ser a pedra no sapato deles não se mostrou tão correto como neste episódio. O que mais me surpreendeu neste episódio foi o plano dele para capturar Izetta.

Eu sinceramente já esperava que os alemães usassem a informação do mapa das linhas ley para recuperarem a bruxinha, mas pensava que eles tentariam invadir o país pelos locais onde os poderes dela não funcionam.

Mas o que ocorreu foi um plano de usarem a confiança de Izetta dos locais onde poderia usar magia contra ela. Nunca imaginei que na verdade eles iriam neutralizar o fluxo de magia no local para assim capturarem o alvo deles.

Então eu felicito o roteirista por ter feito algo que eu não havia pensado. Mas o que me deixa curiosa é como aquela pedra coleta magia e se o local fica temporariamente sem magia ou totalmente esgotado dela.

remastscreenshot_3

Conseguiram enganar a coitada completamente, fiquei com dó dela.

Concluindo, este episódio de Izetta foi uma reviravolta para o lado do nazistas.  A animação da batalha de Izetta contra Sophie foi bem animada, mas o storiboard não me empolgou tanto. Ele não foi ruim, mas acho que me empolgo mais com uma boa luta de espadas. Também acho que o EUA esta feliz porque não vai precisar derrubar Elystadt e neutralizar Izetta já que os alemães fizeram isto por ele. Contudo vai ser mais complicado para os aliados conseguirem contra atacar os nazista com a Sophie do lado deles e sem Izetta para balancear os dois lados.

Nota do autor

 

E você leitor, que nota daria ao episódio?

Nota dos Visitantes
[Total: 86 Média: 4.2]

 

Extras:

remastscreenshot_23

Fiquei surpresa do conselheiro de Estado ser cego, mas é bem interessante.

remastscreenshot_24

Só eu acho que as palavras desse conselheiro são um mal preságio?

remastscreenshot_1

Não precisou de ost nem nada, só a cena fez eu sentir a dor deste pai

Nota do autor

Sirlene Moraes

Apenas uma amante da cultura japonesa e apreciadora de uma boa xícara de café e livros.

Você pode gostar...

  • Apenas um comentador

    Sério, nessas temporadas estamos tento alguns animes históricos que focam nos meandros da guerra e da máfia, vide Joker Game e 91 Days. Não que eu não goste deles, mas eu já estava um pouco cansado, então fui assistir Izetta pensando que seria a mesma coisa, mas me surpreendi, esse anime é um dos melhores da temporada!

  • SonicToonFace

    Por que eu fui ler as impressões antes de ver o episódio? ç.ç

    • Apenas um comentador

      Se você se preocupou com spoilers pense bem, pelo menos não é review de Game of Thrones…

    • Desculpa, ainda não consigo resenhar sem dá spoilers no caso das review semanais T.T

      • SonicToonFace

        A culpa foi minha,não se sinta mal. ;u;

    • Rick

      Burrice Vc devia ter visto o ep ja, é melhor tomar cuidado com essas coisas

  • Joseph Joestar

    Não consigo visualizar um final “feliz” nessa obra. Além da guerra contra a Alemanha + a Sophie temos EUA que considera a Izetta uma grande ameça , msm ela conseguindo vencer a Sophie e a Alemanha , ainda tem EUA para intervir na historia e temos um personagem que se bobear é capaz de trair a Izetta. O Muller executou aquele cabo para proteger o segredo do maior poderio militar de sua nação , mas agora que esse pais ficou com as costas contra a parede não duvido nada ele trocar de lado para um “bem maior”.

    • Rick

      concordo com vc, eu fielmente acredito que mesmo se por milagre a Izetta vencer a Alemanha e os EUA o proprio Muller mataria ela para proteger o país, ja que todos iriam querer ataca-los por causa da izetta

  • Gaiafago

    É oque eu me pergunto, a tecnologia daquela época não era aquelas coisas e PA um clone ”perfeito”, mas tenho impressão que usaram de métodos não convencionais – magia, ocultismo, transmutação, etc – para faze-la.
    Se ela tem tanto ódio pelo país ao qual ela se comprometeu a proteger e no fim eles a traíram descaradamente, é compreensível que a Sophi se alie voluntariamente para acabar com Elystadt e ter sua vingança.

  • Kondou-san

    Neste episódio confirmou-se uma das teorias que eu tinha colocado no meu comentário sobre o episódio 8 sobre aquela pedra, quem diria que nas mãos de uma bruxa experiente tal pedra poderia neutralizar as linhas de ley, pobre da Izeta foi vitima do plano de Hans. Um dos destaques deste episódio, foi a introdução da resistência, afinal nenhum país fica contente quando é invadido. A resistência mais conhecida e famosa na Segunda Guerra foi a francesa, mas aquilo que mais faltava era resistências em todos os países invadidos pela Alemanha. Aquela cena do pai do espião morto, foi muito bem feita, nem foi preciso ost, só a imagem é capaz de demonstrar a dor de um pai que perdeu o seu filho, mesmo que o mesmo tenha morrido em serviço pelo seu país. Neste episódio é que se teve o pleno conhecimento daquilo que se fazia na Ala 9, mas ainda assim clonagem, não estava à espera, mas ainda assim um pouco absurdo para os padrões científicos da época, mas ainda assim é tolerável já que se trata de uma Obra de ficção. A raiva que o clone da bruxa branca sente pelas pessoas de Elystatd, já que a história dela teve tudo menos um final feliz. O Muller foi descuidado, mas acredito que ele nem a princesa tenham morrido no ataque da Germânia à capital, agora só resta saber como eles vão combater a força ocupante sem a Izeta, mesmo que se juntem ao partisans não vão ser capazes de combater os blindados com paus e pedras. Achei curioso o facto do conselheiro do Imperador germano ser cego, mas ao menos é sábio ao contrário do seu regente. Agora só falta saber onde está a outra metade da pedra mágica para a Izeta combater de frente a verdadeira bruxa branca. Este anime é tão bom que até faz referência às eleições dos E.U.A vejam no minuto 3.26 que aparece lá o nome da Hilary e do Trump, informações 70 anos à frente do seu tempo. Como sempre excelente análise Sirlene.

    • Joseph Joestar

      Eita porra , mal da para enxerga aquilo , sabe oq fala a frase inteira ? não consegui ler tudo ( me refiro a referencia do Trump e a Clinton )

      • Kondou-san

        Parte da frase está embaciada, mas os nomes dos candidatos presidenciais dos E.U.A estão lá, mas a frase dá mais destaque ao Trump a disser que ele é um bilionário o resto da frase é imperceptível.

    • DouglasLK

      “Este anime é tão bom que até faz referência às eleições dos E.U.A vejam no minuto 3.26 que aparece lá o nome da Hilary e do Trump” tragam uma medalha para este mito!

      • Kondou-san

        Das coisas que mais gosto deste anime é a fidelidade histórica do mesmo, era impossível eu não ler os jornais que aparecem neste anime, mas neste caso a staff decidiu colocar lá esta informação preciosa do tempo em que o mundo ainda existia, depois da eleição do Trump ai a conversa é outra.

    • Cara vou te dá um troféu, você é ninja ashuahsuahsuahsua Nem tinha percebido o nome da Hillary e do Trump no jornal kkkkk

      • Kondou-san

        Eu só percebi esta frase ao observar bem a foto da Izeta com a resistência, mas até este anime se preocupa com a situação lastimável dos E.U.A.. Outra coisa que este episódio está de parabéns foi na forma em que eles representaram alguns dos elementos da propaganda, veja-se o caso de uma capa de jornal com a figura da bruxa (no minuto 3:29) e mesmo na propaganda da Germânia com aqueles posteres de propaganda idealista com a figura do soldado etc, aqui nota-se que os responsáveis do anime têm alguma cultura geral.

    • Joseph Joestar

      Enxerguei assim , ficou bem estranho , mas deu dor de cabeça ao tentar ler isso kkk ” If that same porcentage replay in: While the Trump-Clinton presidential are heated up …. ( ? ) if he wants to win outright on Nov the to major star political parties raked in almost $ 1.3 ( ? ) … would have to outplace his own presidential nominee by 7 points…”

      • Kondou-san

        Só os olhos de um ninja para ler aquele tamanho de letra, mas ainda assim foi uma coisa bem engraçada por parte da staff.

  • DouglasLK

    Já comentei sobre clonagem no post passado, como biólogo sinto uma pontada de dor no peito pelo fato do roteirista não manjar muito da parte histórica da ciência, mas se Holywood pode transformar um nerd asmático em super soldado num piscar de olhos em plena 2º guerra mundial os “euro-japoneses” também podem clonar uma bruxa XD
    Sobre as memórias… existe uma teoria, pouco crível vale dizer, de que o DNA pode armazenar não apenas memória bioquímica mas também memórias da vida do individuo, ela provavelmente foi inspirada na teoria da reminiscencia da alma e na teoria das gêmulas de Lamark.

  • O roteiro continua consistente realmente, mas um pouco conveniente na minha opinião. Eu não consigo crer que um clone consiga reaver memórias de sua versão original, o roteirista está se utilizando bem do fator sobrenatural, o que deixa a coisa aceitável com alguma suspensão de descrença.

    Outra coisa irônica é a bruxa fala sobre ser usada e não perceber que está sofrendo a mesma coisa com o império germano, mas ainda acredito que deva rolar alguma virada e ela se voltar contra os germanos, deve ser o mais viável.

    Fora esses “conveniências” no roteiro, a história está boa, gostei dos acontecimentos do episódio e já não acredito mais em um final feliz pra princesa e pra Izetta, aquela referência sobre os contos terem finais tristes só dão mais ênfase a esse achismo, que está quase virando certeza. É esperar como vai terminar, estamos na reta final, acredito que a bruxa vai destruir tudo e vá se voltar contra os germanos.

    • Joseph Joestar

      As vezes ela nem está se importando em ser manipulada mais , até pq oq ela quer é vingança , sobre as memorias permanecerem o Douglas ( comentário aqui de baixo ) falou sobre uma teoria bem interessante para as memorias permanecerem.

      • Cheguei a dar uma olhada, mas como ele mesmo disse é bem pouco crível. Sinceramente, é até interessante a teoria, mas simplesmente não consigo crer nela.

      • por isto coloquei a frase: não sei qual o pior manipulado,aquele que sabe que esta sendo e consente com isto ou aquele que desconhece a manipulação. A bruxa sabe que esta sendo usada, mas se deixa usar pra cumprir seus objetivos. Logo ela esta cega de raiva e pouco se importando pro mundo, só quer concretizar a vingança dela.

  • Matheus

    Bom, não vou entrar no mérito científico pois não é minha área, mas relevando esse “absurdo” por assim dizer (parecia até Drifters ehauehaueh), eu gostei bastante do episódio, já tava na hora de Elystadt levar uma na cabeça, estavam muito confiantes com relação a algo que cedo ou tarde iria ruir se não ficassem atentos, diria até que fizeram por merecer, mesmo com todos os esforços da Arquiduquesa em conseguir aliados, internamente eles cometeram muitos erros em não proteger o castelo adequadamente, não se armarem melhor contra espiões (ainda mais tendo um fucking segredo desse em mãos) e, principalmente, confiar que só em ter a Izetta os seus problemas acabam, o Muller depois que matou o soldadinho parece ter perdido a mão, tá me decepcionando esse personagem.

    Acredito que a Sophie seja uma faca de 2 gumes, não é como se ela estivesse apenas sendo usada pelos germânicos, gente do governo desconfia dela, a possibilidade de que ela pode cedo ou tarde possa se voltar contra eles é real, só que agora destruir Elystadt é mais importante, nada melhor do que usar o então mais poderoso exército para cumprir seu objetivo, temos que ver de que forma a personagem será trabalhada agora que o seu objetivo foi cumprido, creio que os germânicos possuam algum mecanismo de controle, porque eles certamente irão precisar.

  • Lukas sb.

    Cara que episodio foi, esse anime ta muito bom e graças que ate o presente o momento o roteirista não tenha cagado com a historia tirando algumas pequenas coisas relevantes, a respeito da bruxa falar sobre ser usada e não perceber que está sofrendo a mesma coisa, eu acho que ele só esta se aproveitando da situação para exterminar seu antigo povo.

    E em questão da clonagem achei um pouco estranho, mas como é uma ficção em uma realidade alternativa do qual existem BRUXAS, eu aceitei de boa, espero que a fine e os outros tenham escapado/sobrevivido ao ataque, Realmente a cena do pai do olhando a foto do filho morto foi triste,
    Agora estou em uma espera angustiante para o próximo episodio.

  • Jonas

    Algumas observações:

    1)Em minha opinião, o grande trunfo da Alemanha nas duas guerras mundiais era a capacidade de seus cientistas em desenvolver armamentos superiores mesmo com a falta de recursos decorrente dos bloqueios aliados. Em 1945, mesmo com a derrota, os alemães possuíam uma tecnologia superior a qualquer outro país do mundo (apenas não desenvolveram uma arma nuclear por falta de meios). Isso é confirmado pelo fato dos Estados Unidos e a União Soviética abrigarem vários cientistas nazistas no pós-guerra e incluí-los em seus próprios departamentos de pesquisa e desenvolvimento militar. Não posso afirmar nada, mas não duvido que o Terceiro Reich tenham realizado pesquisas sobre clonagem (até porque eles possuíam milhares de cobaias humanas nos campos de concentração…). Se isso chegou em mãos aliadas, sejam americanas ou soviéticas, é bem provável que seja mantido em segredo devido aos detalhes macabros.

    2)Como a próprio crítica salientou e muitos colegas comentaram, existe uma falha no fato do clone possuir memórias. Não sou especialista na área e meu conhecimento a respeito é limitado, mas não vejo como isso é possível: mesmo sendo um clone, trata-se de um indivíduo diferente. No final devemos relevar, uma animação não precisa ter lógica em tudo (essa é uma história sobre bruxas, então qualquer visão racional não existe desde o primeiro episódio). Mesmo assim, prefiro acreditar que esse clone sofreu algum tipo de lavagem cerebral para que acredita-se ser a Bruxa Branca original e alimentar um profundo ódio por Eylstadt.

  • Rick

    Eu espero que o Pesquisador não tenha sido tão burro a ponto de Não planejar uma contra-medida contra a Sophie, pq após elystadt ter caído eu não acredito que ela ficará do lado alemão, acho que ela vai se voltar contra eles em algum ponto, ou a princesa vai ser morta e a Izetta vai destruir tudo que estiver respirando durante sua fúria, eu ainda acho que enganaram a clone e que aquele livro do muller conta o que Realmente aconteceu

    • Kondou-san

      A Shophie na maioria do tempo está sob o efeito de drogas, tanto que o olhar dela quando está ao lado do investigador é vazio e sem vida. Eu também acho que a história que o investigador contou à Shophie não é cem porcento verdade, eles devem ter omitido muita coisa, só para a manipularem como querem.

      • Joseph Joestar

        Quando ela estava do lado do investigador ela não tinha recuperado suas memorias ainda , e que eu me lembre a unica cena que ela teve com o investigador após recuperar suas memorias foi quando ela estava cantando no campo e absorvendo a magia daquela área no campo florido.

  • Gabriel Augusto Vidigal

    Essa coisa de clones sempre me deixa confuso, se você clonar alguém está fazendo a cópia perfeita da pessoa, já que todas as memórias de pessoas estão contidas em seus cérebros, faz até sentido um clone perfeito manter as memórias do original, já que é o mesmo cérebro, mas é só uma suposição minha.

    • Um clone perfeito só vai ter a mesma carga genética do original , mas o cérebro não é o mesmo. São dois indivíduos diferentes por mais que sejam idênticos – É o caso de gêmeos univitelinos. As suas memórias são informações armazenadas no seu cérebro ao decorrer de uma vida, logo um clone não teria as memórias de seu original porque é praticamente um individuo formado do 0. Isto se as memorias não conseguirem serem armazenadas e transferidas para o clone depois, mas se ainda não chegamos a isto nos dias de hoje, não creio que no período nazista eles teriam chegado. E mesmo que tivessem, eles precisariam de ter o original vivo para eles armazenarem as memorias dele e depois transferirem.

      • Gabriel Augusto Vidigal

        Não tinha pensado nisso, muito obrigado por responder.

  • Sekai Yuri

    Estou rezando para não ter estupro, não gosto muito de animes de guerra por causa disso.

    • Kondou-san

      Desde que o homem começou a produzir armas e a ter desejo de conquista, que tal coisa acontece, é um dos lado mais feios e menos falados de uma guerra. Eu também não gosto de ver tal coisa nos animes de guerra, aliás em nenhum anime, mas se Shuumatsu no Izeta decidir ir por tal caminho, está a representar a realidade da Guerra (nenhum dos países que participou da Segunda Guerra era santo, principalmente os russos, japoneses e americanos é que gostavam muito de fazer esses crimes de guerra.

      • Jonas

        Estima-se que 2 milhões de mulheres alemãs tenham sido vitimas de estupro por soldados soviéticos nos últimos seis meses da Segunda Guerra Mundial. Os japoneses, por sua vez, obrigaram até 200 mil mulheres, principalmente chinesas e coreanas, a servirem em “batalhões de conforto” durante o conflito.

        • Kondou-san

          Os russos diziam que os alemães eram os maus, mas não foi isso que se viu, como tu bem referiste os russos foram aqueles que mais crimes de guerra nesse sentido. Os japoneses foram tão ou mais maus com as mulheres do que os russos, aquilo que tu descrevestes como a servidão das mulheres como batalhões de conforto foi das coisas mais nojentas e cruéis que eles fizeram. O americanos também não eram flor que se cheire, a pouca vergonha que eles fizeram às mulheres de Okinawa ainda hoje é lembrado. O Hitler nesse sentido até não foi mau, é verdade que haviam esquadrões da SS que eram compostas por assassinos, ladrões e violadores, mas ainda assim não tem comparação com aquilo que os russos e os japoneses fizeram. O Hitler era paranóico com as dsts, tanto que ele teve a excelente ideia de introduzir as bonecas sexuais para os seus soldados.

      • Sekai Yuri

        Affs, odeio ter de dropar animes no finalzinho 😨

  • Pedro Alvares Pinto

    Acertei em parte o que era a menina de cabelo branco, e estou sentindo o cheiro de memoria implantada ou modificada.

  • Jônatas

    Espero que a bruxa branca não mude de ideia e volte para o lado de Elystadt, seria muito clichê.

  • Julio Crevelari

    Ja esperava isso, toda a serie de guerra com fantasia q vi tem o msm esquema de começa recuperar territorio, inimigo faz uma invetida conseguindo virar o jogo e acaba sendo derrotado pelo poprio orgulho. Já tinha falado isso nos comentarios do segundo ep do site qassisti…

    Bom, gostei mais dssa nova bruxa dq da izetta e a fino juntas, já q meu persongem preferido morreu no ep anterior essa veio para substitui-lo, só espero um destino melhor.

  • Mfojmep

    Eu não acho um furo o fato de existir clonagem na época abordada pelo anime, afinal se trata de um universo alternativo, no qual até bruxas com poderes reais existiam. No nosso universo, a existência dessas bruxas seria um furo ainda maior.

    A retenção de memória do clone da bruxa branca também pode ser explicada. Afinal, não se trata duma simples clonagem humana, mas a clonagem de uma bruxa. A ação de alguma força mágica teria preservado a memória nas células da bruxa branca, e com a clonagem a memória preservada nas células clonadas foram transferidas para o novo corpo.

  • Matheus Kevin

    Eu não achei que a Sophie está sendo manipulada pelos nazistas, pelo menos não dá para chegar a essa conclusão ainda. Afinal os interesses da Sophie estão alinhados com os dos germanos, pode ser que ela só esteja cooperando(ou usando eles) para alcançar sua vingança. Até porque não faria sentido uma bruxa tão “vivida” como ela ser manipulada tão facilmente, diferente da Izetta que é meio ingênua.

  • Gabriel Nascimento

    Sério Sirlene, você diz que o roteiro é consistente, mas na verdade tem uma série de inconsistências que você mesmo cita em suas análises,e toda review você cita o que “Izzeta é bem escrito, não tem vilões cartunescos” Mas quando aparece um(bruxa branca), simpatiza rapidamente com ela, sinceramente eu tô meio confuso com sua opinião.

    • Um roteiro consistente não significa que é um roteiro perfeito e não vai ter algum furo no meio dele, um roteiro bem inconsistente por exemplo é o de Guilty Crown que pra piorar tem um protagonista que tem sérios problemas com mudança de personalidade. E nem a bruxa branca é uma vilã cartunesca, ela esta fazendo algo não porque é má , mas pela conseguência do que fizeram com ela no passado.

      • Gabriel Nascimento

        Me explique de outra forma,não assisti Guilty Crown,pra mim consistência é algo estável sem furos, no sentido literal firme plausível,e eu não vejo isso em Izzeta,mesmo gostando do anime.

        • Hum vou tentar explicar. Um roteiro consistente não tem muitos furos e contradições, a história é sólida e possui uma formula estavel e de interpretação lógica. Todo roteiro em sua maioria não é perfeito, vai ter algum furo e falha, mas um roteiro inconsistente tem muitas contradições, é cheio de erros e as vezes o que acontece ou atitude de algum personagem não faz sentido, entendeu? A história de Izetta, tem alguns furos, mas é estavel e a maior parte da atitude dos personagens são sólidas e irracionais e acho que nenhumd eles se contradiz até agora.

          • Gabriel Nascimento

            Hum entendi,sim,então mesmo com algumas contradições ainda se considera consistente.

          • Sim, se o erro não comprometer o inteiro. Se os erros forem muito graves e começarem a comprometer a história, ai eu considero inconsistente.

      • Gabriel Nascimento

        Não,ela é totalmente cartunesca,ainda solta uns grito de vilã mesmo,e caretas trash(como o Marco disse)não que eu odeia isso,mas não acho que vilões cartunescos seja consequência de algo mal escrito.

        • Mas outro personagem fez isto? Eu citei algo dos personagens nesta review? A maioria dos personagens tem personalidades e atitudes bem sólidas Gabriel. Ela fez uma careta, mas não foi exagerada, seria super trash se ela ficasse fazendo elas o tempo todo e ficasse rindo sem parar, ai odiaria isto porque é exagerado.

          • Gabriel Nascimento

            Então,claro,só estou discutindo algo que você disse em quase todas as reviews “Izzeta tá bem escrito sem vilões cartunesco e clichês” algo que você não citou agora que pela sua logica baseada em todas a reviews era pra criticar essa bruxa, concordo com a historia dos clichês é apelação para o básico quando o roteirista tá com sono de escrever,mas eu não acho que uma obra é mal escrita é aquela que apela pra vilões cartunescos,tanto que Izzeta ficou melhor por aparecer uma vilã assim.

          • Gabriel Nascimento

            Olha não concordo,ela ficou rindo e fazendo careta o monte de vez,claro que não foi exagerado mais foi cartunesco sim.

          • Se eu tivesse sido morta (provavelmente queimada) e traída por aqueles que eu protegi acho que eu também ficaria dando risada da desgraça deles quando eu voltasse. Mas não achei a atitude dela exagerada em nenhum momento.

          • Gabriel Nascimento

            Eu tambem,mas o tipico de vilões são rirem no meio da batalha bem alto de forma maléfica,caracterizando algo cartunesco,repetindo não que repudio isso e não acho ruim.

          • Nem sempre um vilão rir alto vai categorizar algo cartunesco, mas se começar a ser frequente e exagerado vira algo bem cartunesco e trash.

          • Gabriel Nascimento

            Olha eu nunca rir alto daquela maneira.Vai se caracterizar cartunesco se for um riso maléfico no meio da batalha com o contexto de passar algo imperativo,maldade da vilã.Trash tem que ser exagerado pra alcançar esse contexto e apelar pra exprimir alguma coisa.

          • Eu também nunca soltei um riso daqueles, mas se começar a me irritar, eu com toda a certeza vou reclamar.

          • Gabriel Nascimento

            Ok,parece que esse é o fim de uma grande discussão tchau.Espero que não tenha ficado irritada <3

          • Não me irrito fácil. Mas pra mim vilão cartunesco são aqueles totalmente mal, que faz algo só por ser mal, que gosta de demonstrar sua maldade, fica fazendo caretas maléficas a torta e direita e rindo que nem doido desvairado, mas de boa, se Sophie começar a fazer isto ai vc vai ver o lado resmungão da Sirlene kkkk

  • Lenielson Santos

    uma coisa que eu achei bem interessante foi a corrida armamentista, os alemães criando armas para derrotar izetta (deixando de lado o clone milagroso) e elystard aprimorando as armas que izetta usa, isso sim mostra como a necessidade faz a evolução correr.

  • Sei que isso não tem nada haver com o post , mais que deus abençoe e proteja a todos os intrigantes do Club da Chapecoense. #ForçaChape

  • Sora

    Marco deve ter adorado esse episódio deu tudo errado para o lado da princesa e cia kkk,mas bem foi um bom twist não esperava por algo assim eita,a Sophie de certa forma é OP deu uma certa pena da Izetta quando ela a ”crucificou” com as correntes,estou bem curioso agora para ver o desenrolar da trama e pelo roteirista final trágico tem chances de acontecer em.

  • BloodEND

    eu esperava que desgraças fossem acontecer mas não a tal ponto…

  • Ryu-senpai

    Coitada da Izetta, é sério. A pobrezinha tava tão confiante que iria vencer mais uma vez… e foi humilhada pela bruxa branca n°2. Será que ela foi capturada pelos germanos? E esse tal de Müller é um cara estranho. Ele fica olhando para a Izetta de um modo diferente, sei lá. Mas eu sei que no final a Izetta vai salvar tudo e todos e teremos assim um final feliz como todo conto de fadas…

  • Eu raramente comento aqui, mas devo dizer que este foi o episódio melhor por mim até agora, ficou muito realista mostrando como um time de maior pode pode esmagar o adversário, eu gostei da nova vilã ela tem seus motivos e não achei nem um pouco exagerada, mais curioso agora é o que vai se suceder no MAL a maioria das pessoas pela lógica começaram a descartar um good ending.

  • Danhy

    Ate o momento desde a estreia este sem duvidas foi o melhor episodio, ao menos na minha visão. Teve muita coisa para teorizar e comentar então me alegrei na obra apos este ep.
    Bom começando com o que acho interessante comenta é aquela pedra vermelha, acredito, dada a função que ela exerceu que deve ter sido a que foi usada para retirar o poder da Bruxa branca original, assim mas ela completa, e a sacolinha da gaveta também penso que seria a outra parte, talvez o Müller seja um descendente do namorado da bruxa branca, e o livro pode ser um diário da tortura(?) experimentos com a bruxa(?) ou mesmo do namorado dela(?) é o que eu imagino talvez isso seja só um pensamento que passou pela minha mente mas vai saber…

    Agora que paro para pensar se já tinham tirado o sangue da izetta antes, por que a outra bruxa teve que beija-la para beber o sangue sendo que já tinham ele? se tentasse justificar dizendo que precisaria de “sangue vivo” ainda seria um furo, pois se têm a tecnologia para clonagem, então preservação do sangue é fácil.
    Outra coisa não faz sentido a bruxa clonada lembrar dos acontecimentos da original, se não quiserem fazer algo mais real, seria imaginar que estas ideias dela foram induzidas, mas não foi o que o anime pareceu, se as memorias estão relacionadas a magia também não faz sentido, sendo que teoricamente ele foi torturada e traída apos retirarem sua magia, espero que deem uma atenção a isso, mas como é ficção também relevo, da mesma forma da clonagem em si, como não foi dado um período do inicio da clonagem não tenho como pensar nisso como um furo( referindo ao período de inicio, relevando se a tecnologia suporta), imagino que ela já estivesse sendo no experimento durante anos, pois se falarem que foi clonada recentemente como pouco tempo antes de período de captura da izetta{ da qual imagino ter sido capturada nova ainda, isto se ela for mais velha que a sophie} que se a bruxa foi clonada teria que ser antes da izetta ter nascido para terem a mesma idade, afinal clones é o mesmo que tu nascendo novamente começam desde o inicio, nenhum clone já nasce “pronto” mas como citei em cima pode não ser um furo, ignorando a tenologia que isso sim é, mas se deixarem em aberto isto vou considerar como anos de clonagem.
    Enfim, foi um ótimo episodio, e acho que no fim da obra a Finé vai morrer ao invés da Izetta, só uma nota aqui, gostei muito mais desta bruxa do que a Izetta, espero que ela mude de lado mas acho difícil.

  • Moyzez GraPhyk

    prevejo final tragico em Izetta

  • Já era esperado, tava tudo indo “bem” demais