Top 5 Melhores Animes – Comédia Escolar

 

Comédias voltadas a vida escolar/estudantes.

Comédia escolar é um gênero que eu quase sempre tenho dificuldade para escrever reviews, ainda mais as que não tem um plot central a ser desenvolvido, como as obras desse post. São basicamente esquetes de humor então embora eu possa destacar algum diferencial ou a simpatia do elenco, o que mais vai contar é se a comédia funciona para você ou não, e como sabemos, senso de humor é algo que varia muito de pessoa pra pessoa. Ainda assim, elas tem a vantagem de serem super leves (zero drama), tendo apenas o propósito descompromissado de te fazer rir. Testem uns 2 ou 3 episódios e decidam o que funciona para vocês e o que não.

Importante: Esses animes de comédia meio episódicos nem sempre funcionam bem de serem maratonados, já que por mais que eles tentem variar as piadas, elas acabam te deixando saturado depois de muitos episódios seguidos, então ir assistindo devagar as vezes é a melhor opção.

Tema:

O tema aqui são comédias focadas em estudantes em seu ambiente comum (escola), com pouco enfoque em romance – ainda que ele exista -, ou, no caso de Nozaki e Love Lab, aonde o romance é usado apenas para parodia sobre o gênero, não apresentando grande desenvolvimento ou situações sérias (ou seja, não vai ter animes focados em desenvolver romance a sério na lista!). Outro padrão é que eles são em sua maioria feitos no modelo esquetes episódicas, então não tem um plot central sendo trabalhado todo episódio, mesmo que na maioria dos casos pular episódios não seja uma boa ideia, já que a relação dos personagens costuma se aprofundar (principalmente nos que tem um pouco de romance) conforme o tempo passa, além de novos personagens serem apresentados com frequência. Os animes dessa lista também são praticamente livres de fanservice ecchi, o que deve ser um plus para quem não curte.
Quem quiser algo com mais romance, fanservice e um plot central procure nos outros tops de comédia (aqui).

Top 5 – Melhores Animes de Comédia Escolar

Gekkan Shoujo Nozaki-kun

Gênero: Comédia, Paródia, Escolar, Romance.
Diretor: Mirsue Yamazaki (Hakkenden)
Estúdio: Doga Kobo (Mikakunin, Plastic Memories)
Episódios: 12 (+6 especiais)
MAL: Clique aqui

Minha nota: 9/10
Opening: Clique aqui
Trailer:


Sinopse:

Sakura toma coragem e se confessa para Nozaki, um garoto por quem é apaixonada a muito tempo. Por causa de um mal entendido ele interpreta sua confissão como uma declaração de uma fã. Nozaki lhe dá um autografo e convida Sakura para ir a sua casa. Lá ela descobre que ele é mangaka de uma revista shoujo, se torna sua assistente e apartir dai começa a conhecer seu dia a dia e as pessoas – estranhas – que trabalham com ele ou servem de inspiração para os personagens do seu mangá.

Review:

Comédia mais popular de 2014, Gekkan Shoujo é uma paródia em cima dos clichês de mangás de romance shoujo e comédias românticas. A comédia foca na protagonista apaixonada sempre tendo suas esperanças quanto a um desenvolvimento romântico (clichê) destroçadas a todo momento, e as decisões mais bizarras que o protagonista masculino toma na direção de seu mangá shoujo baseado na interação com seus colegas de classe nada normais (as caretas da protagonista durante as interações são hilários -> aqui). De modo a não ficar repetitiva a obra foca em outros personagens que acabam por formar pseudo-casais, que procuram a companhia um do outro inconscientemente, mas não fazem ideia do que sentem ou do que seu par romântico sente (aka “densos”).No primeiro momento parece uma comédia romântica normal, mas só o que a obra faz é tirar sarro com as situações do gênero, com qualquer desenvolvimento romântico sério sendo obviamente barrado até que a obra acabe (levando em conta como a comédia é feita os casais se desenvolverem limitaria as opções do autor, eu suponho). A estrutura, embora um pouco episódica, funciona bem, com o telespectador se envolvendo cada vez mais com os personagens. Não dava tanto por ela a princípio, mas acabou se tornando uma das minhas comédias preferidas conforme os episódios passavam. É uma obra que recomendo para qualquer pessoa.

Review completo aqui.

Seitokai no Yakuindomo

Gênero: Comédia, Escolar, Humor Negro.
Diretor: Hiromichi Kanazawa (K, Princess Lover)
Estúdio: Go Hands (K, Princess Lover)
Episódios: 13 (+8 OVAs + S2 + 3 OVAS)
Minha nota: 9/10
Opening:
Sinopse:

Takatoshi é um novo aluno de uma escola que recentemente começou a aceitar homens; Logo em seu primeiro dia ele é convidado a participar do conselho estudantil, se tornando vice-presidente e único membro masculino do concelho. Assim começa o seu dia como a única pessoa “normal” do conselho estudantil, em uma escola que praticamente só em mulheres…
Review:
 
Se você acha que Gintama faz piadas “sujas” prepare-se, porque Seitokai Yakuindomo vai 10x mais longe, principalmente na segunda temporada (como eles passam isso na TV sem censura vocal sempre foi uma dúvida minha). O protagonista é super gente boa e certinho, mas duas das garotas do concelho – algumas outras do colégio e particularmente uma professora – são a perversão encarnada em contraste. Ecchi visual é quase inexistente mas piadas e objetos de âmbito sexual são constantes. A comédia tem outros temas mas são sem dúvida as piadas sujas das garotas de mente pervertida do conselho estudantil o que chama mais atenção. Quanto maior a afinidade que o protagonista cria com as garotas mais as piadas vão escalando de nível. Esse vídeo dá bem a ideia das piadas (só tem em inglês, lamento). Existe também um romance mínimo nas OVAS e segunda temporada, com a presidente do concelho estudantil mostrando interesse romântico pelo protagonista. Mas isso tem pouco foco e é bem implícito. É um dos meus animes prediletos de comédia e recomendo bastante, mesmo sabendo que esse tipo de humor mais negro e com apelo sexual não vai dar certo com todo mundo.

Assistam as 8 OVAS antes da segunda temporada, elas são a continuação da primeira temporada e valem basicamente como um segundo cour da mesma. Depois da segunda temporada partam para um outro conjunto de OVAS sem data para ser finalizado ainda.

 

Danshi Koukousei no Nichijou

Gênero: Comédia, Escolar, Slice of Life.
Diretor: Shinji Takamatsu (Gintama)
Estúdio: Sunrise (Code Geass, Gintama)
Episódios: 12

Minha nota: 8.5/10
Opening: Clique aqui
Trailer:


Sinopse:

Tadakuni, Hidenori, e Yoshitake são estudantes de uma escola só para garotos. Essa é uma história sobre o dia-a-dia de cada deles como estudantes. Vencer o torneio de basquete? Achar um amor verdadeiro? Você não verá nada disso aqui. Seja soltando seus incríveis comentários aleatórios enquanto se diverte com amigos, conhecendo aquela colega de trabalho estranha no emprego de meio-período, ou deixar a imaginação correr solta em uma tarde ventosa, nós todos já passamos por esses ordinários, porém verdadeiros, temas cotidianos do anime em um ponto o outro. (fonte: Ambient.net)

Review:

Esse anime é literalmente o que a sinopse fala, o dia a dia comum de um grupo de jovens estudantes passando por situações engraçadas. O diferencial aqui é a direção, abordagens inusitadas para situações cotidianas, excelente timing das piadas e carisma dos personagens. De todo o elenco acho que o personagem que eu mais gostava era uma garota de cabelo roxo com “chuunibyou” (vulgo “garota literária”) que ficava de stalker em um dos protagonistas. As sequências com ela foram as mais cômicas pra mim, mas achei o anime como um todo muito divertido. Esse é um que se vende bem logo no primeiro episodio. É uma pena o final ser inconclusivo e não ter continuação, mas mesmo assim vale muito a pena.

D-Frag

Gênero: Comédia, Escolar.
Diretor: Seiki Sugawara (Kyoukai no Rinne)
Estúdio: Brains Base (Durarara, Kyoukai no Rinne)
Episódios: 12 (+1 OVA)

Minha nota: 8/10
Opening: Clique aqui
Trailer:


Sinopse:

Kenji Kazama sempre acreditou que era um delinquente. Quando ele e sua gangue de amigos se matriculam em uma nova escola, vêem a sala de um dos clubes pegando fogo e correm para ajudar. Após apagar o fogo Kenji e seus amigos são atacados pelos membros do clube, que querem apagar suas memórias do ocorrido. Os amigos de Kenji são abatidos um após o outro, e ele fica sozinho, desesperado e prestes a ser torturado até a morte. Kenji toma uma decisão crucial e decide deixar seus amigos para tentar ao menos se salvar, mas essas garotas são piores do que qualquer demônio, e elas querem que Kenji faça parte do clube para que ele não feche. E então, será que Kenji conseguirá se salvar do poder devastador desse clube de garotas insanas? (fonte: Brneoanimes)

Review:

D-frag é mais um com a conhecida fórmula de colocar um personagem masculino em um clube escolar só de mulheres, e no caso desse mulheres completamente malucas que acreditam ter poderes relacionados a elementos (terra, água e trevas). O anime faz o básico de focar um pouco no passado de cada uma das heroínas, mas não espere grandes desenvolvimentos, o propósito de quase tudo, mesmo flashbacks, é parodiar ou fazer comédia por comédia. O anime funciona bem assim, a cada episódio você gosta mais dos personagens e não importa que maluquice aconteça, sempre aparece algo novo e insano para te surpreender – normalmente na forma de um jogo, já que o anime é sobre um clube de jogos. Minha personagem preferida foi a Takao, uma gamer meio tsundere de outro clube (a de cabelo castanho da capa) que cria um interesse amoroso no protagonista e começa a aparecer com cada vez mais frequência nos episódios. Eu achei o anime muito engraçado, mas comédia é algo pessoal, então testem uns 2 ou 3 episódios e decidam por si mesmos se o estilo agrada vocês ou não. As piadas são bem diferentes (exageradas) do padrão desse tipo de anime, então ao menos dizer que é igualzinho a outro anime ou é tudo clichê vai ser difícil.

Love Lab

Gênero: Comédia, Escolar.
Diretor: Masahiko Oota (Kotoura-san, Sabagebu)
Estúdio: Dogakobo (Nozaki-kun, Plastic Memories)
Episódios: 13

MAL: Clique aqui

Minha nota: 7.5/10
Trailer:


Sinopse:

Love Lab gira em torno da famosa Acadêmia feminina Fujisaki, conhecida pelo seu grande corpo docente. A mais famosa delas é Natsuko Maki, uma garota calma e de boa educação, presidente do conselho estudantil, admirada por todos seus companheiros. A escola também conta com Riko Kurahashi, uma garota direta e sincera, com uma personalidade bem masculinizada, mas que também é bem admirada. A história começa quando Riko dá de cara com Maki treinando como dar um beijo em uma almofada, e é obrigada a guardar o segredo dela, além de ajudá-la a praticar todas fases de um começo de namoro. (fonte: Ambient.net)
Review:
 

O que parece um comédia voltada ao yuri por se passar em uma escola só para garotas e ter um bando de corações na OP acaba sendo na verdade uma comédia sobre garotas tentando imaginar como será o encontro com o primeiro parceiro (homem), e fazendo os devidos treinamentos e pesquisas para não fazer feio quando ocorrer. Lógico que o efeito é contrário e na sua obsessão por emular as interações que irá ter com seu primeiro namorado (quando o encontrar) a protagonista da série cria situações hilárias o tempo inteiro. A ironia é que ela parece uma estudante modelo e é inclusive a presidente do concelho estudantil, mas quando se encontra sozinha ou com alguém mais intimo é uma completa lunática obcecada por romance.

A primeira parte da série gira em torno dela e o grupo de garotas que vão se reunindo para formar o concelho estudantil. Elas criam as situações mais doidas, desde treinos de primeiro beijo até simulações “do que fazer em X situação” para conquistar um homem. Na segunda parte da série começam a aparecer personagens masculinos também (amigo de infância que encontrou no cursinho, irmão de amiga X, ect) dando início a uma formação de pares românticos. Ironicamente o “romance real” nessa série é bem pouco e embora você possa ver quem deve ficar com quem no futuro o foco é sempre na comédia, mesmo em situações que envolvem romance.
Vale dizer que essa deve ser uma das comédias mais bem animadas que eu já vi junto a Nichijou, cheia de cortes de animação fluida.

Menção Honrosa:

Nichijou

Gênero: Comédia, Escolar, Slice of Life.
Diretor: Tatsuya Ishihara (Haruhi, Clannad)
Estúdio: Kyoto Animation (Haruhi, Amagi Brilliant Park)
Episódios: 26

MAL: Clique aqui

Minha nota: 7.5/10
Trailer:


Sinopse:

Enquanto o título sugere uma história simples, um dia-a-dia escolar, o conteúdo é quase o oposto. O cenário é uma escola estranha onde você pode chegar a ver um diretor lutar contra um veado. Entretanto ainda tem histórias normais, como fazer um castelo de cartas ou uma prova para a qual não estudou.
Review:
 

Pra quem assistiu Danchi no Nichijou esse aqui é similar, só que uma versão focada em personagens femininos com o acréscimo de muito nonsense. Não tem um plot ou desenvolvimento a ser explorado, é apenas dia a dia das garotas em meio a situações e reações malucas. O principal atrativo pra mim foram as sequências épicas surtadas em animação fluida (exemplo: a cena do trailer listado acima ou diretor VS veado ou garota perseguindo a amiga tentando recuperar o caderno com desenhos de homens se pegando). Não necessariamente pela animação em si mas porque achava as sequências muito engraçadas. O resto do anime nem tanto, principalmente quando focava em uma cientista loli e seu robô – que comecei a pular depois de alguns episódios. Recomendo que tentem assistir uns 3 episódios e se não gostarem simplesmente procurem pelo nome do anime no youtube e pelo menos assistam as “sequencias épicas”, valem muito a pena.

Relacionado em outros Tops:

Baka to Test, Nourin, Boku wa Tomodachi (Haganai) e Noucome do Top Comédias Romanticas/Ecchi tem comédia e escolar no gênero, apesar de no caso deles ter um pouco mais de romance do que os dessa lista. Alguns animes do Top 5 de Comédia com Ação também tem escolar e comédia no gênero. Tasogare Otome X Amnesia do Top de Mistérios/Terror tem uma quantidade razoável de comédia e se passa em uma escola, apesar de ter bem mais romance e um bom foco em mistério comparado aos animes dessa lista. Silver Spoon do Top de Slices of Life é outro com bastante comédia que se passa em uma escola agrícola, ele é bem linear e focado no desenvolvimento de personagem comparado aos animes dessa lista no entanto.

Relacionado:

Você pode gostar...