Top 5 Melhores Animes – Comédia com Ação

Animes que são primariamente comédias, mas que tem uma quantidade razoável de ação e até se levam a sério de vez em quando. Atualizado com vídeo e +2 animes.

Tema:
Os animes dessa lista são primariamente comédias, mas ao contrário da maioria das obras do gênero eles tem uma carga razoável de ação e alguns até se levam bem a sério nos momentos de combate ou drama. Vale dizer que senso de humor é a coisa mais pessoal que existe então vou achar normal se alguns não acharem alguma ou mais de uma das obras abaixo tão engraçadas quanto eu, mas recomendo fazerem pelo menos o teste dos 3 episódios com todas.

PS: Gintama não foi citado porque é muito longo, só cito animes curtos nessas listas.

Versão em vídeo:


Top 5 – Melhores animes de comédia com ação

One Punch Man

Gênero: Comédia, Ação, Paródia, Super poderes.
Diretor: Naoto Hosoda (Space Dandy)
Estúdio: Madhouse (Parasyte, HxH 2011)
Episódios: 12 e 1 OVA.
MAL: Clique aqui
Minha nota: 9/10
Trailer:

Sinopse:

A história acompanha a vida de um super herói entediado por ter se tornado forte demais, e seu discípulo.
Review:
O anime mais popular do ano de 2015, essa é a comédia com mais ação que vocês vai encontrar. O primeiro episódio vende o anime muito bem, mas é o segundo que apresenta o personagem que a maioria gostou mais, um ciborg que virá o discípulo do protagonista. Como o protagonista é forte demais é o ciborg que acaba protagonizando as melhores e mais movimentadas cenas de ação do anime na maioria do tempo.

As piadas no geral até que funcionam bem, apesar da do protagonista derrotando o inimigo como se não fosse nada ser repetida até demais. O grande atrativo do show no entanto, não foi isso, mas a animação muito acima da média. São cortes fluidos de ação a todo momento em todo episódio. Para quem aprecia esse tipo de coisa a obra entrega um bocado de variações de estilo e dinâmica de câmera, muito graças ao diretor freelancer contratado para o anime, que conhece um exército de animadores talentosos que chamou para ajudar no projeto.

O ponto mais fraco acaba sendo a falta de um plot maior por trás, com poucos episódios tendo uma ligação forte um com o outro, fora o protagonista ir subindo de nível na associação dos heróis. Mas ainda assim, dentro desse gênero de comédia com ação é um dos animes mais divertidos de assistir.

Hataraku Maou-Sama

Gênero: Comédia, Ação, Fantasia, Romance, Slice of Life.
Diretor: Naoto Hosoda (Mirai Nikki)
Estúdio: White Fox (Steins; Gate, Akame ga Kill!)
Episódios: 13
MAL: Clique aqui
Minha nota: 8.5/10
Opening:

Sinopse:

Após perder a guerra em seu mundo o rei dos demônios foge para a terra (uma dimensão paralela a dele). Chegando lá ele perde quase todos os seus poderes, e sem possibilidade de voltar pra casa decide que ira dominar o mundo humano, começando por baixo, como um funcionário do MacDonalds. Infelizmente, a heroína que o derrotou no outro mundo, além de outros anjos e demônios que escaparam para a terra não vão permitir que ele tenha a vida tranquila que deseja.

Review:

Uma das comédias mais populares de 2013. A maior vantagem desse anime é que ele se vende muito bem logo no primeiro episódio. Na verdade ele é até bem enganoso. O que parece um anime sério e cheio de ação vira rapidamente uma comédia engraçadíssima sobre um senhor das trevas muito simpático e seu general, que querem dominar o mundo humano começando por baixo – como um funcionário do McDonalds. Apesar do foco ser a comédia o anime tem bons climax de ação e a animação é muito bem feitinha para uma comédia. O passado dos personagens principais – assim como suas relações – também ganham um desenvolvimento bem razoável com o tempo.
Ele não é perfeito. O plot do mundo alternativo é bem menos desenvolvido do que poderia, a parte romântica embora ganhe uma abordagem madura a principio é logo deixada de lado e tem uns 2 episódios que parecem fillers. Os defeitos, no entanto, acabam eclipsados pela boa direção e simpatia dos personagens, então os problemas que citei não devem incomodar a maioria.

Binbougami-ga

Gênero: Comédia, Paródia, Ação, Romance, Escolar.
Diretor: Yoichi Fujita (Gintama)
Estúdio: Sunrise (Code Geass, Gintama)
Episódios: 13
Minha nota: 8.5/10
Opening:

Sinopse:

Sakura Ichiko é uma garota rica, mimada e com um ego enorme. Tudo parece dar certo para ela até que os deuses notam que ela tem uma quantidade anormal de energia espiritual da sorte (o equivalente a de um deus da sorte), e ela não só tem muito como suga das pessoas a sua volta. Por ordens superioras a deusa do azar (Binbougami) desce a terra para retirar de Sakura sua energia da sorte, mas parece que ela não está disposta a entrega-la sem lutar.

Review:

Essa é uma comédia cheia de referências a outras obras, mas diferente do padrão não é necessário conhecer as outras obras para poder aprecia-la, é apenas um extra. Existe um plot e personagens a serem desenvolvidos, principalmente a protagonista, que começa como uma pessoa bem desagradável e vai mudando ao longo da história. Apesar de ter muita comédia alguns bons momentos de ação também são garantidos e a animação é boa. Tem um pouco de incitação a romance com um personagem masculino também pra quem curte. Tendo lido o mangá posso dizer que a adaptação ficou melhor que o original. Não percam os extras depois da ED também, são hilários.

Quem terminar o anime pode continuar lendo apartir do cap 19 do mangá. Ele já foi finalizado. Bingougami também escala bastante na quantidade de ação ao longo do tempo então as sagas pós-anime começam a ter muito mais ação que as primeiras mostradas (tem um preview no final do último episódio do anime que exemplifica bem isso).

PS: A Ending é muito legal.

Sora no Otoshimono

Gênero: Comédia, Paródia, Ação, Romance, Ecchi, Harem, Drama, Sci-Fi.
Diretor: Hisashi Saitou (Haganai, Bambo Blade)
Estúdio: AIC ASTA (Persona 4, Jinrui, Gun x Sword)
Episódios: 13 (+ uma S2, 1 OVA e 2 Filmes)
Minha nota: 8/10
Opening:

Sinopse:

Tomoki tem um sonho estranho com uma garota com asas por quem está apaixonado desde que era uma criança. Ele vive uma vida normal tentando pentelhar sua amiga de infância e seu lema é “paz e sossego”. Um dia uma Angelroid (android meio anjo) cai do céu perto da casa dele sem explicação aparente. Apartir dai segredos do mundo em que vive e do seu passado virão a tona; e sua vida nunca mais será a mesma.

Review:

Esse anime foca muito em comédia e fanservice mas costuma mudar para ação e drama sérios nos climax. A troca flui bem as vezes e outras vezes nem tanto. A parte cômica do anime costuma envolver desde piadas comuns até perversões das mais diversas (é exagerada/meio nonsense as vezes então alguns podem estranhar a princípio). Recomendo ver uns 3 episódios pelo menos pra ter uma noção. Tem um plot sério por trás da coisa toda e uns twists legais no anime de vez em quando. A única reclamação que vi desse anime é que alguns acham que ele devia focar só na parte séria com lutas e outros acham que devia focar só na comédia ao invés de tentar misturar os dois.

A primeira temporada e a segunda são boas apesar de mudarem algumas partes do mangá do anime. O primeiro filme também é bom, já o segundo não. O mangá já foi finalizado mas é complicado dizer aonde começar nele devido a bagunça que o anime fez no “arco Chaos”. O ideal é ler tudo do início e ir pulando o que o anime adaptou igual. A outra opção é começar do capítulo 41 do mangá depois de ver as 2 temporadas e o primeiro filme.

Kore wa Zombie Desuka

Gênero: Comédia, Paródia, Ação, Ecchi, Romance, Harem, Escolar, Drama.
Diretor: Kataomi Kanasaki (Tokyo Ravens)
Estúdio: Deen (Fate Stay Night, Log Horizon 2)
Episódios: 12 (+ uma S2 e 3 OVAS)
Minha nota: 8/10
Opening:

Sinopse:

Ayumu é um estudante normal que um dia é morto por um serial killer. Para sua sorte(?) ele é revivido por uma Necromancer, da qual virou servo. Agora ele é um zumbi e terá que lhe dar com as adversidades da sua espécie diariamente, enquanto continua a fingir que é um humano normal para seus amigos. Não o bastante, uma garota mágica com uma serra elétrica e uma vampira ninja decidem ataca-lo sem motivo aparente. Apartir dai sua vida vai ficar mais e mais doida a cada dia.

Review:

Esse aqui se vende bem logo no primeiro episódio (a cena que abre o episódio é genial!) e embora tenha muita comédia ele tem desenvolvimento de personagens recorrentes, ação bem feitinha e alguns plot twists. A primeira temporada é muito boa e mesmo com uns nonsenses nas lutas o enredo e seu drama consegue até ser levado a sério de vez em quando. As OVAS também são bem engraçadas mas a S2 já é bem mais fraca. Cerca de metade dos episódios parecem fillers que não acrescentam absolutamente nada a trama ou aos personagens. Portanto, recomendo a primeira temporada e as OVAs, a segunda temporada assistam por sua conta e risco.

Menções Honrosas:

Sabagebu

Gênero: Comédia, Paródia, Ação, Escolar.
Diretor: Masahiko Oota (Love Lab, Kotoura-san)
Estúdio: Pierrot+
Episódios: 12 (+ 6 OVAS)
Minha nota: 8/10
Opening:

Sinopse:

Assim que chega em sua nova escola, Momoka, que parece ser uma estudante modelo e de bom coração, começa a ser perseguida pela presidente do “clube de armas de pressão” para que se junte a eles. Ela recusa, mas depois de ser enganada pela presidente acaba sendo obrigada a se juntar ao clube. O que a presidente não esperava é que Momoka além de ser habilidosa com armas não é nada do que aparenta no colégio, e quando em batalha, sua verdadeira personalidade, que ela estava tentando esconder, finalmente se mostra.

Review:

Esse aqui tem que se testar uns 2 a 3 episódios para entender o que é. Ele parece um anime bobinho de garotas bonitinhas no início mas na verdade é um sátira ao shoujo, shounen e a todos os filmes de ação atuais e antigos que você conseguir pensar. Predador, Alien, Corrida Mortal, Apocalipse Now, O Exterminador do Futuro, Duro de Matar, Resident Evil, Mad Max, Blade Runner, o que não faltam são referencias e sátiras a filmes famosos aqui. A trilha sonora desses filmes antigos também costuma ser usada. A protagonista é um sarro. Ela é toda errada, parece a protagonista clichê no início mas quando se revela ao final do primeiro episódio é na verdade mesquinha, vingativa, sádica e preguiçosa.

O que eu pensei que seriam guerras de armas de pressão chatas acabam ficando muito divertidas com a adição do “modo psicológico”, que o próprio narrador do anime fica tirando sarro. Todos os confrontos com armas (e tem um monte) parecem reais, sai sangue dos personagens e eles vão morrendo ao longo da partida. Segundo o narrador isso é só a imaginação das garotas e é na verdade tudo muito “seguro”.  Esse é o mais dificil de recomendar da lista, mas sugiro que deem uma chance por 2 a 3 episódios. Embora ter humor negro e conhecer os filmes sendo satirizados de um belo plus nesse anime suponho que sirva para qualquer um. É uma proposta diferente e bem divertida.

Haiyore! Nyaruko-san

Gênero: Comédia, Paródia, Ação, Romance, Harem, Ecchi, Escolar.

Diretor: Tsuyoshi Nagasawa (MM!)
Estúdio: Xebec (Break Blade, Pandora Hearts, To Love Ru Darkness)
Episódios: 12 (+ uma S2 e 3 OVAS)
Minha nota: 7.5/10

Opening:

Sinopse:

Mahiro vive uma vida normal até que um dia é atacado por um demônio de outra dimensão. Uma Alien chamada Nyaruko o salva, começa a morar em sua casa, se apaixona por ele e começa a trazer um bando de problemas do espaço sideral para sua vida pacata.

Review:

Esse anime não tem um plot central muito forte. Ele basicamente fica satirizando cliches da animação em sub-plots que no geral servem pra gerar comédia por comédia ou apresentar novos personagens. Eu achei ele muito engraçado, mas é inegável que parte das piadas fica enfadonha depois de repetidas várias vezes. Existe uma tentativa de desenvolvimento da relação romantica do personagem central com a garota mas ela nunca acaba em lugar algum e manter como piada a garota se atirando no protagonista e ele recusando ela do mesmo modo todas a vezes pode acabar irritando alguns. Os primeiros e últimos episódios da primeira temporada são os mais inspirados, a segunda já se torna um tanto quanto repetitiva, então não recomendo tanto, mas quem gostar muito da primeira fique a vontade para tentar.

Ben-to

Gênero: Comédia, Ação, Romance, Ecchi, Escolar.

Diretor: Shin Itagaki (Black Cat)
Estúdio: David Production (Jojo Bizarre Adventures)
Episódios: 12
Minha nota: 8/10
Opening:

Sinopse:

 
Ao tentar conseguir uma marmita (bento) com desconto e ser nocauteado pouco antes de conseguir chegar a ela, o protagonista descobre um mundo aonde colegiais lutam violentamente por marmitas (bentos) com 50% de desconto. Após isso, decidido a entrar nesse mundo, ele se inscreve no clube de Bento do colégio, e vira o discípulo da “Ice Queen”, uma das mais fortes colegiais das disputadas por Bento.
Review:
Esse anime é bem nonsense, então pra ele funcionar você ou não leva ele muito a sério ou imagina que aquilo é um mundo paralelo aonde as pessoas de fato quase matam umas as outras por um Bento, e a polícia não interfere.

A comédia desse anime fora dessas brigas por Bento é hilária, funciona muito bem e me fez chorar litros. Já as lutas é discutível. Algumas são até bem animadas, apesar de no geral ser mediano. O que mais empolga mesmo é a direção nesse aspecto, sabendo usar o que tem a disposição. Algumas lutas são absurdamente violentas, a ponto de quebrarem o tom cômico do anime e ficar uma sensação estranha pra ser honesto. Essa abordagem super violenta as vezes é uma das coisas que não achei que combinava com a obra.

No geral eu gostei muito do anime, me fez rir um bocado e a ação era até divertida de ver quando não estava tentando pegar pesado demais. Só o final que foi meio decepcionante. Você está esperando uma coisa mas ela acaba não acontecendo, e isso baixou um pouco a nota do anime pra mim. Tivesse um climax mais marcante seria um 9 fácil.

Relacionado:

Você pode gostar...

  • Shadows Ryuu

    verdade eu começei gintama no final do ano passado e como era muito longo e sua historia nao seguir uma aventura so mostra que e um anime pra de vez em quando , geralmente e bom ver ele um poco e depois assistir algum que tenha menos de 40 eps ai volta pra gintama assista mais um poco e depois assista outro com 40 ou menos eps , e um bom esquema pra animes grande

  • Shadows Ryuu

    gintama e longo por isso ele nao falo ate agora o maximo de eps dos animes que ele indica sao 75 eps no maximo foi isso que percebi por isso se tiver mais de 100 eps ele nao ira falar

  • Mateus-Senpai ™

    Boa Lista
    Desses aí os unicso que não vi são:Binbougami-ga e Sabagebu
    Haiyore!Nyaraku-San tem chances de uma S3?

    • Rikimaru Ray

      Saiu um OVA que finaliza a série, pelo que sei.

  • LUIZ

    Com ação ? Another, Jojo e Sket dança

    • Sora

      What onde em Another tem comédia??.

      • As mortes são comédias… não pera hehheh

        • LUIZ

          ”As mortes são comédias” a sequencia final é de rachar o bico

  • Rikimaru Ray

    Madhouse (Akame ga Kill!)… Eu também queria que fosse…

    • Marco

      Copiar/Colar do de baixo causa esses problemas. Ao menos sei que alguém lê aquilo. Já tinha cogitado tirar em tops futuros.

      • Rikimaru Ray

        Sempre li. Dá para ter uma noção de como o estúdio é.

  • Alexandre Martins

    o filme 1 é a adaptação de um arco do mangá, o anime pulou essa parte ( e fez uma bagunça no arco da chao), ja o filme 2 só adaptou o começo da batalha final o resto(tipo 3 min depois)é todo embaralhado com o mangá e no final(que final?) nada mais acontece

  • Meliodas

    Bem já add mais uns animes pra mim assistir com essa lista

    já chegou alguem puto pq One Piece e FT n tao ai? kkkk

    • endryo

      ele so bota animes curtos de 12 a 25 eps. e o top é para animes com foco primario em comedia e secundario em ação. no caso de one piece e fairy tail ambos tem ação como primario. e a comedia de ambos é meio fraca comparada com alguns de 12 eps. (principalmente por se tornar algo ja “manjado” ou até mesmo aparecer uma vez a cada 50 eps por ae.

    • Marco

      Na lista de animes de ação populares já. Mas ainda avisei que animes infinitos não seriam sequer cogitados.

  • endryo

    marco você ja pensou em fazer um top dos animes “infinitos”??

    • Marco

      Meio inviável já que eu dropei todos eles com o tempo, e nem sequer existem tantos para escolher.

      • Kakaroto

        Marcos poderia tirar uma duvida o filme date a live é um filler ou nao desculpe o incomodo poderia me ajudar se é ou nao obrigado

  • Binbougami-ga é o único da lista que nunca vi… vi o lançamento em 2012 mas não acompanhei, acho que agora vou por ele na lista .

    • kingumaga

      É absurdamente engraçado, é estilo de comédia q eu curto, e cheio de referências para o Capitão America não por defeito.

      • Com certeza depois do vídeo do marco eu irei ver
        e salvei até o mangá mesmo em inglês, vou completar tudo .

  • Ou não XD .

  • kingumaga

    Sobre o OPM o OVA e o 1º especial não gostei muito já o 2º e 3 º episodio especial foram melhores, vai ter mais 3, a ending é muito melhor e divertida do que a do anime em si, q na minha opinião tão genérica q poderia ser de qualquer anime.

    Marco queria q um dia fizesse um top de melhores lutas de anime algum dia.

  • Dudu

    os filmes de sora no otoshimono eu assisti os 2 e nao entendi nada.

  • Accelerator

    Assisti todos,e sim,são muito hilários… One Punch Man nem tanto.

  • Leon

    Faltou – ushio to tora, um baita anime muito engraçado.

    • Sirzechs Lúcifer

      Pior man Eu ri pa karai com aquele anime.

  • My lista dos presentes
    1 Hatarako
    2 Ben-to
    3 One Punch man
    4 Binbougami-ga
    5 Sora no Toshimono

    • Vayne Solidor

      de 174 animes (até agora), Ben-to foi o meu primeiro…

  • Zathe22

    Poderia ter Kono Subarashi no Sekai Shukufuku

  • Amon Rodrigues

    Poxa, ninguém nem considerou History of Strongest Disciple Kenishi? Anime só tem a primeira temporada, que é até legal, mas o Mangá é muito bom, já chorei de rir, as lutas são muito bacanas, quase todos os personagens tem um desenvolvimento aprofundado ao longo dos +500 capítulos…

  • LnL

    Sei que é um comentário meio atrasado e talvez não entre no top 5 e nem tenham exatamente muita ação, mas Cuticle Tantei Inaba e Gugure! Kokkuri-san também são bem bacanas e rendem bastante risadas…