Gekkan Shoujo Nozaki-kun (Review) – Uma paródia divertidíssima aos clichês do romance escolar

Satirizando clichês clássicos de mangás Shoujo, junto a relações estranhas de personagens muito excêntricos, Nozaki-kun consegue divertir mesmo sem trazer nada de novo a equação. Mostrando que não é necessário inovar para fazer uma boa comédia, basta apenas fazer o básico muito bem feito.

Sinopse

Sakura toma coragem e se confessa para Nozaki, um garoto por quem é apaixonada a muito tempo. Por causa de um mal entendido ele interpreta sua confissão como uma declaração de uma fã. Nozaki lhe dá um autografo e convida Sakura para ir a sua casa. Lá ela descobre que ele é mangaka de uma revista shoujo, se torna sua assistente e apartir dai começa a conhecer seu dia a dia e as pessoas – estranhas – que trabalham com ele ou servem de inspiração para os personagens do seu mangá.
Review
Nozaki-kun, diferente do que possa parecer pelo título, não tem nada a ver com um shoujo. Ao invés disso está mais para uma comédia romântica com bastante apelo na parte da comédia e só uma pitadinha de romance. A parte que trata dos mangás “shoujo” na história é usada apenas como paródia, já que quem cria o mangá shoujo é um cara completamente avoado, que não entende absolutamente nada de romance e cria suas histórias baseado em clichês de outros mangás shoujos, jogos de datesim e interações bizarras que observa nos seus colegas de classe (a parte dele transformando uma conversa entre 3 homens em um bate-papo clichê de 3 garotas em tempo real é impagável).
A protagonista, Sakura, tem toda sua idealização de romance baseada em shoujos, e o anime brinca muito com isso, mostrando que a ficção dos mangás e a realidade nem sempre se misturam muito bem.  
Idealização
Realidade
Realidade
Inicialmente cada episódio apresenta novos personagens até que vários potenciais casais são formados (tirando um dos personagens). Apartir dai o foco de cada episódio começa a variar entre cada um deles, com Sakura e Nozaki-kun sendo os catalizadores que unem todos os personagens. Infelizmente, as piadas focadas nos dois costumam ser as mais fracas, porque quase sempre envolvem uma interpretação errônea e super romântica pela parte da Sakura que vai acabar sendo quebrada pelo Nozaki de uma forma ou de outra. É muito engraçado a princípio, mas com o tempo a repetição começa a ficar manjada e você já sabe qual vai ser o final da piada antes dela terminar.
Nisso ter diversos outros personagens – alguns funcionando como pseudo-casais e outros não – foi uma boa jogada. O homem denso, a garota fofa e iludida, a garota narcisista, o homem tsundere, a mulher galanteadora que lembra um homem bonito, tem personagens de todos os tipos. Você não necessariamente vai gostar de todos, mas ao menos um deles deve te conquistar, e apartir dai você vai aguardar ansioso pelo episódio em que seus personagens preferidos vão estar em foque (no meu caso era o Wakamatsu e a Seo, mas eu gostava de todos). A maioria dos casais parece sentir alguma coisa um pelo outro, mas devido a falta de entendimento sobre seus próprios sentimentos ou os do seu par situações cômicas ou tragicômicas acabam sempre acontecendo.

A fórmula de fazer paródia em cima de situações comumente vistas em shoujos ou mangás com enfoque em romance se repete por todo o anime. Pode parecer que vai cansar em determinado momento, mas a autora consegue manter um número incrivelmente variado de situações (algumas muito doidas) e tudo acaba se sustentando muito bem até o último episódio, com direito até mesmo a uma reflexão da protagonista feminina sobre a progressão dela com Nozaki até ali. E apesar de não ter uma linha de continuidade clara existe sim uma ligação pequena e ao menos uma progressão na intimidade dos personagens um com o outro ao longo do anime. 
Aspectos técnicos
A direção de Nozaki-kun é ótima, sabendo dar vida as piadas com criatividade e um ótimo timing. A animação é acima da média em geral com bastante destaque a movimentações elásticas e mudanças de expressão exageradas. Até o soundtrack se destaca um pouco.
Conclusão
Nozaki-kun é um anime altamente recomendado para qualquer um que curta comédia romântica ou apenas comédia. Tem uma boa variedade de piadas então mesmo que nem todas funcionem com você algumas devem acabar te fisgando. Tem vários casais também, e cada um é bem diferente do outro, então pelo menos um deles deve acabar chamando sua atenção. Sakura é um sarro com as caras e bocas que faz ao longo da obra, e mesmo a falta de progressão das relações acaba não incomodando muito em apenas 12 episódios.
Direção/Roteiro: 9/10
Animação: 9/10
Entretenimento: 9/10
Nota final: 9/10
Ainda não se convenceu que o anime é legal? Então veja pelas incontáveis expressões que a Sakura faz nos episódios. Não vai se arrepender:

Você pode gostar...

  • Eduardo

    Esse anime com certeza é uma das melhores comédias q eu já vi, batendo de frente com “Danshi Koukousei No Nichijou”. Sério, nunca achei q algum outro anime me faria rir tanto como esse último, mas Nozaki-kun conseguiu.
    Eu também fico impressionado com a quantidade de situações q o autor/autora conseguiu extrair dos mangás Shoujo para satirizar, é como vc escreveu, pode parecer q as piadas ficarão saturadas com um tempo, mas nos sempre somos surpreendidos com novas situações.
    Eu tenho 3 cenas favoritas:
    1- Aquela q o Nozaki não tem noção de profundidade dos personagens com o cenário, deixando alguns mais altos. Aí ele tem a ideia de colocar os personagens em cima de caixas kkkkkk, mano, essa ideia foi genial por parte do autor, eu nunca iria pensar numa zueira dessas.
    2- A cena q o Mikorin pede a ajuda do Nozaki e da Sakura pra treinar como conversar com as pessoas quando for sair. Isso foi hilário, ainda mais quando o Nozaki “incorporou” o personagem ASUDHSAUDHSAUHDUSAHDUAHSUDHASUDUAHSDUAUDHASUD.
    3- A minha favorita, quando o Nozaki e o Mikorin começam a jogar um jogo de relacionamentos a sério kkkkkkkkkkkkk. Acabou se transformando num mangá Yaoi no final SUADHUSAHUHASUDHSAUDHUASHDUASHDUHSADUHSAFUHSDUAFHHDUHUFHAUSDFHUADSHFUASHUFSHUF. EU TIVE Q PAUSAR O EPISÓDIO DEPOIS DISSO PQ EU NÃO CONSEGUIA PARAR DE RIR.
    Cara, pra mim esse foi o melhor anime da temporada, disparado. Era o único q dava alegria a minha pré-segunda (pq ele lançava domingo a noite), vai deixar saudades.

    • ShiroYo

      Apesar de eu achar o Gekkan uma obra prima Nichijou ainda esta um patamar acima.

      Um dos aspectos do Gekkan é colocar a Chiyo como o “Straight Guy” para fazer o contraponto as ideias absurdas do Nozaki (igual a Himeko no Sket Dance, a Nami no One Piece e etc). Esse genero de personagem está sempre presente e inclusive é constantemente satirizado em Gintama na figura do Shinpachi.

      Agora já o Nichijou transcendeu nesse aspecto, a comédia over the top de nível extremo dele só funciona porque não existe ninguém para fazer o contraponto do senso comum, e como resultado os diálogos escalam de maneira genial e unica. Um exemplo é aquela parte do “Nakanojo pode não estar inconsciente,” nossa aquilo foi muito épico.

      Mas o Gekkan está de parabéns, comédia é de longe meu gênero favorito e mesmo já tendo visto muita coisa épica ele conseguiu entrar no meu top 5.

      PS: Straight Guy character sendo zoado no Gintama:

      https://www.youtube.com/watch?v=Br0emEo2fKI

      • Eduardo

        Concordo com tudo o que disse. Eu só disse q bate de frente pq ambos me fizeram perder o ar de tanto rir kkk. Mas concordo q Nichijou está sim um patamar acima. E uma das melhores cenas de Nichijou também fazia contraponto do senso comum (ou mais ou menos isso, mas como sempre do modo exagerado dele) q é o caso da garota literária, essa era uma das q mais me faziam rir, mas o anime todo era foda haha.

        • ShiroYo

          No caso da Mai ela mais age de forma fora do normal porque quer trollar mesmo, e não porque a logica dela foge do senso comum, pode ver que é proposital e que ela só escrotiza a Yuuko. O resultado final acaba com a Yuuko fazendo mais papel de vitima de bullying do que de “Straight Guy” auhauahauhhauuhahuh

      • Mas DKnN (porque Nichijou é aquele outro anime da Kyouto Animation, tão troll quanto) tinha tsukkomis/straight guy .. normalmente eram o Tadakuni e o Mitsuo que tinham de cobrir essa base, e eles não faziam isso direito muitas das vezes e o Tadakuni foi e sumiu da história algumas vezes porque ele não era um protagonista de respeito… e o Mitsuo só fazia a parte dele quando a dignidade dele estava em jogo… mas eles estavam lá, não existe comédia no Japão sem um bom tsukkomi.

        Até mais ver
        mr. Poneis

        • ShiroYo

          Nunca vi DKnN, e o Nichijou da KyoAni é o unico Nichijou Nichijou, porque só ele se chama somente Nichijou.
          Se quer ver bons exemplos de comédia sem os tsukkomis então veja o Nichijou, tem varias passagens com o nonsense escalando em níveis cada vez mais hilários pela falta de senso comum na cena.

          https://www.youtube.com/watch?v=FP6ZKstEgBI

          • Partindo do principio de que um tsukkomi é uma reação exaltada para uma situação excêntrica (bokke) a cena tratada possuia uma quantidade satisfatória de tsukkomi. Não era a intensidade que os profissionais estão acostumados mas estava aí sim…

            Até mais ver
            ,mr. Poneis

          • ShiroYo

            Só que o que eu mais acho graça nessa cena não é a reação exaltada, mas sim como eles tratam a situação como algo aceitável e seguem na onda. A diferença em varias sketches do Nichijou é que o nonsense vai escalando e a coisa acaba atingindo proporções épicas.
            É mais sobre o andamento da cena do que sobre o comportamento das personagens.

            Eu vejo o potencial de Nichijou em algumas cenas do Gintama, mas ai a coisa trava quando entra o Shinpachi para fazer o trabalho dele. Ainda é engraçado, mas você sente que a situação podia terminar em uma parada muita mais épica. E quando você tira o Shinpachi…bom…

            https://www.youtube.com/watch?v=2hGSfJGBKJ0

          • Um epico, com toda certeza…

            acredito que você conseguiu provar o seu ponto.

            Até mais ver
            mr. Poneis

    • Marco

      Sim, também colocaria em um top 10 de comédias fácil.

    • kingumaga

      Essa da caixa foi foda mesmo hahahahha

      Realmente uma das melhores comédias mesmo.

  • GodSoul

    Wakamatsu e Seo foi o meu casal favorito,a parte em que ele “tenta”ter uma briga com ela e acaba virando uma confissão de amor,meu coração ate doeu de tanto que eu ri.

    • Marco

      Gostei de tantas partes que fica difícil escolher mas acho que nunca vou esquecer do treino de canto com a tela ficando preta e branca e o Nozaki+Sakura arranhando a parede desesperados com o som, da briga que a Seo pensa que é uma confissão e da Seo e o Wakamatsu no cinema.

  • ShiroYo

    Putz o pior é que essa parada do Guarda-chuva já rolou comigo, só que eu tava derrubando água na mochila da minha namorada então nenhum dos dois percebeu. Só sei que depois de uns 5 minutos ela foi sentir a água nas costas mas até ai eu já tinha inundado a mochila da garota. Pior que isso só o dia em que eu derrubei o celular de uma outra menina que eu gostava dentro de um córrego..
    Agora que eu parei pra pensar, se relacionar comigo traz um serio risco aos seus bens materiais, acho que agora eu sei porque fazem uns 4 anos que não me convidam para a festa de Natal da família…

  • kingumaga

    Esse anime tem tantas qualidades q não sei dizer algo q ache ruim nele ou algo q me incomodou.

    Pontos fortes q ressalto; conseguir trabalhar bem personagens secundários, ponto esse q muitos animes acabam pecando, alguns episódios fica boa parte nesses personagens, a qualidade não cai e outro acho q o equilíbrio entre os episódios pois sempre mantem o mesmo nível de qualidade, outro anime q é bem equilibrado nos episódios q posso citar é o Seitokai Yakuindomo, e o humor q é excelente, dá pra considerar um dos melhores no gênero.

    Disse do equilíbrio dos episódios mas pra mim o episodio 8 se destacou, é uma piada seguida uma da outra, e akela piada da “caixa” morri de ri – Hoje em dia as caixas andam na moda – hahahaha

  • e agora vem aquele sentimento de falta por ter acabado………… quem sabe um dia tenha segunda temporada as vendas foram boas pena que ainda tem pouco conteúdo para adaptar mais eu esperarei quem sabe um dia .

    • Recentemente o manga anda figurando alto nas vendagens do Japão… esperemos que seja só uma questão de o manga criar mais distância do ponto em que o anime parou!

      Até mais ver

      ps.: muito divertido por sinal, o manga!

  • Shiba

    Com certeza Gekkan foi um dos melhores animes do ano , ri em praticamente todos os eps , sentia muita pena da Sakura que vivia se iludindo e na realidade era outra coisa , as vezes já manjava o que ia acontecer kkkk . A animação ficou muito boa o carácter design também . Meu casal favorito é Hori e Kashima kk sempre torcia por eles , tava bem na cara que um gosta do outro , mais parece que isso fica inconsciente . Espero que tenha uma segunda temporada , mas pelo visto vai depender do conteúdo do mangá , porque em vendas o anime vai indo muito bem .

    • Algo extenuante sobre o Hori e a Kashima é como o manga faz pouco de violência contra mulheres (o tal do slapstick knows no genre). O fato de a Kashima ser feita de ferro ajuda bastante e o fato de que 7 em cada dez vezes o Hori estava dando o troco também… Mas nada aplaca essa sensação de que Kashima é um Hideyoshi as avessas… você sabe que é uma garota apenas por que te disseram que é uma garota… para todos os efeitos ela é mais macho que o Mikoshiba.

      até mais ver
      mr. Poneis

  • Mas o que dizer? Tantos anos tendo que compartilhar minha data de aniversário com Mu de Áries, Hyuuga Hanabi e Kira Izuru, tantos personagens cuja presença era tão significativa quanto o ar que nos rodeia, finalmente compensou!

    Queria discutir bastante sobre como a escolha dos dubladores foi incrível mas vou me contentar a Ozawa Ari fazendo a sua estréia em um Lead role e com um Okamoto “Accelerator” Nobuhiko dublando Mikoshiba… mas a sua quilometragem pode variar.

    Até mais ver
    mr. Poneis

  • Andy-San

    Assisti os primeiros dez episódios e, sendo direto estou achando esse
    anime bem chato mesmo. Os primeiros três episódios foram maravilhosos,
    entretanto prometeram algo que não condiz com a sequência. O
    ditado: “Expectativas tendem a ser decepcionantes” ilustra o que eu
    quero dizer. Os ótimos personagens coadjuvantes foram gradativamente
    varridos pro canto para dar lugar a um foco excessivo no trabalho do
    protagonista (até a própria Chyo parece ter sido trocada em muitas
    ocasiões pelo trabalho do cara). Um dos episódios eu sequer consegui
    assistir por completo, pareciam mais um documentário do que um Anime. E o
    protagonista é um cara chato, feio e frio. A arte é nota 10 e a
    personagem Chyo é bem engraçada e a cena dela “fingindo” estar
    maravilhada pelas lições de Tamaki ops quero dizer, Mikoshiba (ep2) me
    fez rir alto. Entretanto até o Ep 10 não ví qualquer avanço sentimental
    em favor dela. O protagonista é frio demais como disse e muito chato,
    por isso em um aspecto geral, não acho que mereça tantos elogios quantos
    tenho lido por aí. Fala sério, esse Nozaki parece um velho de 80 anos
    em um corpo feio, alto e estranho. Se não fosse a Sakura esse anime seria um lixo.